Jornal Hoje, da Globo, mostra origem do tanque de Siloé, local onde Jesus curou um cego




















Uma reportagem realizada pela Rede Globo, exibida no Jornal Hoje, mostrou a origem do Tanque de Siloé, que foi o local onde Jesus realizou o milagre da cura de um cego. A construção histórica foi realizada a aproximadamente 2700 anos, quando o Rei Ezequias reinava em Israel.

O túnel do Rei Ezequias era responsável pelo abastecimento de água na cidade de Jerusalém, uma espécie de aqueduto que trazia água de fontes próximas até o centro da cidade.

A construção do túnel foi realizada por escravos, possui aproximadamente 500 metros de extensão de escavações na rocha, com pontos de até 5 metros de altura. Foi idealizado com a finalidade de levar a água a um lugar seguro, evitando a falta de abastecimento de água em caso de guerra, já que Israel estava em iminente perigo de ser atacado pelo exército sírio.

A Bíblia relata o milagre da cura de um cego no Evangelho de João, no capítulo 9, onde o cego, por ordem de Jesus se lava no tanque de Siloé e é curado.

Assista a reportagem:






Publicado por Valder Damasceno

Adolescente comete suicido após ser forçada a casar com seu estuprador
















Jovem de 16 anos decidiu por fim a sua vida em Larache (Norte de Marrocos) depois de ser forçada a se casar com seu estuprador, dez anos mais velho do que ela e pelos maus tratos a qual foi submetida.

Um jornal local informou que a menor decidiu comer veneno de rato na casa da família de seu marido, porque estava desesperada pelos maus tratos que era submetida, bem como pela rejeição de seu próprio pai para recebê-la de volta em casa.


Há um ano a família da vitima registrou uma queixa junto ao procurador geral de Tanger acusando o homem pelo crime de violação sexual. Após a intervenção por conhecidos das duas família, foi decidido que a moça deveria se casar com seu estuprador com a autorização do juiz.

Este tipo de casamento é imposta pela força da tradição, especialmente nas áreas rurais da região para proteger a honra da jovem e ‘resolver’ com os danos causados pela violação.

Além disso, de acordo com o código penal marroquino, o estuprador é isento da pena se ele admitir se casar com a vítima.

“Amina, 16, foi triplamente violentada, pelo seu estuprador, pela tradição e pelo artigo 475 da lei marroquina”, publicou no Twitter o ativista Abadila Maaelaynine.

Evangélico é preso em flagrante por atacar igreja Católica em Teresina Publicado por Valder Damasceno em 14 de março de 2012

















Um homem foi preso em flagrante ao atacar uma paróquia da Igreja Católica e quebrar a imagem de uma santa católico, em Teresina, Piaí. O indivíduo, conhecido apenas como Elias, já foi membro da comunidade, mas tornou-se evangélico. Segundo testemunhas esta já seria a terceira vez que ele comete o delito.

Em entrevista ao portal AZ, a bancária Marineide Albuquerque, que estava no local na hora do ocorrido, revelou que Elias já foi catequista na paróquia, “Nós estávamos rezando o terço, quando ouvimos um barulho muito grande, pensávamos até que tinha acontecido um acidente de carro. Quando nos viramos, vimos a santa no chão e um homem correndo pra fora da igreja. Na hora conhecemos que era o Elias, pois ele já foi catequista aqui conosco.”.

Ela ainda revelou, que logo após o ataque entraram em contato com a polícia, que prendeu o rapaz e o encaminhou à Central de Flagrantes. Marineide ainda mostrou revolta com a atitude de Elias e protestou, “Depois que ele se converteu para outra igreja, ele começou a atacar a nossa igreja. Essa já é a terceira vez que ele quebra santos aqui na paróquia. Se o pessoal de outras religiões não acreditam nas imagens, eles tem que respeitar a nossa crença. Isso que aconteceu hoje aqui é intolerância religiosa”.

Fonte: Gospel+





Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. João 13:34


Amados irmãos não devemos agir com violência, devemos sim amar nossos irmãos e orar por eles.
Porque violência gera violência.
Você acha certo o que estão fazendo  com os cristãos no mundo todo?
Se você é cristão deve dar o exemplo de caridade, amor e misericórdia como  Jesus.
Deus seja contigo.
Amém.


Por Célia Goulart

Muçulmanos prometem erradicar Cristianismo na Nigéria Publicado por Valder Damasceno em 14 de março de 2012













Um grupo de terroristas muçulmanos declarou guerra a todos os cristãos da região norte da Nigéria. De acordo com informações do site nigeriano Bikar Masr, o grupo jihadista Boko Haram prometeu erradicar o Cristianismo no país. De acordo com informações recentes vindas na Nigéria, o grupo está planejando novos ataques com objetivos de eliminar cristãos e judeus.

O representante do grupo de direitos humanos Preocupação Cristã Internacional, Jonathar Racho, mostrou-se muito preocupado com a atual situação dos cristãos no país, ele disse que a notícia é alarmante, e confirmou os rumores a respeito do grupo terrorista, “Os informes indicam que membros da Boko Haram recentemente declararam uma guerra aos cristãos no norte da Nigéria. O grupo prometeu erradicar os cristãos de certas áreas da Nigéria”.

O grupo Boko Haram, é o responsável por uma onda de atentados que vêm acontecendo na Nigéria desde o final do ano passado, causando mais de 100 mortes. Conforme informações do serviço de imprensa do Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários, mais de 100 crianças fugiram da Nigéria para o Chad, tentando escapar dos ataques violentos do grupo. Além de matar pessoas, o Boko Haram já queimou várias escolas na região.

O grupo terrorista está entre os suspeitos de ter planejado e executado o atentado contra uma igreja cirstã no último domingo, quando um suicida lançou um carro cheio de explosivos contra uma igreja, que fica em Jos, no centro do país, deixando 10 mortos.

Fonte: Gospel+

Cientistas anunciam descoberta de novas pistas da “partícula de Deus” Por Dan Martins em 15 de março de 2012














Uma equipe de físicos que trabalha no colisor de partículas americano Tevatron, no laboratório Fermilab, anunciou na última semana descobertas que confirmam as experiências do LHC, o grande acelerador de partículas europeu, sobre o bóson de Higgs, conhecido popularmente como “partícula de Deus”.

A partícula recebeu esse apelido por causa da teoria proposta na década de 1960 pelo cientista britânico Peter Higgs, segundo a qual o bósson seria a forma como a matéria obteve massa depois do Big Bang. De acordo com essa teoria, a chamada partícula de Deus seria o agente que possibilitou o desenvolvimento das estrelas, dos planetas e da vida, ao dar massa às partículas mais elementares. Porém, até agora, a partícula existe apenas em teoria.

A comprovação da existência dessa partícula poderia provar a existência de um campo invisível que supostamente permeia todo o universo, além de confirmar o Modelo Padrão da Física proposto por Albert Einstein.

O cientista Jim Siegrist, diretor-adjunto de ciências do Departamento de Energia, falou sobre a importância da descoberta: “Este é um marco importante para os experimentos do Tevatron e demostra a contínua importância das medições independentes na busca pela compreensão dos elementos básicos da natureza”, afirmou. Ele disse também que “o final do jogo se aproxima na busca do bóson de Higgs”.

De acordo com a agência Reuters, o Fermilab continua analisando os dados obtidos nas suas experiências, e Rob Roser, um dos físicos do laboratório, afirmou que uma conclusão definitiva pode ser apresentada em junho.

Fonte: Gospel+

Médico é investigado e será submetido a avaliação psicológica por dizer a paciente que só Jesus poderia curá-la Por Dan Martins em 15 de março de 2012














O médico britânico Richard Scott está sendo investigado pelo GMC (General Medical Council), que corresponde no Brasil ao Conselho Federal de Medicina, por causa de uma denúncia de que estaria realizando pregações religiosas em seu consultório.

A denúncia contra o médico partiu de uma mulher que teria levado sua filha de 24 anos para uma consulta com o Dr. Scott, e conta que durante a consulta ele orou pela moça e disse que o mal dela só Jesus podia curar. “Ele tentou empurrar a religião para a minha filha”, alegou a mulher.

O GMC convocou Scott para que se defenda da acusação e emitiu uma advertência para o médico, que se recusou a assiná-la. Ele afirmou que prefere depor sobre o assunto. Porém ele não poderá afirmar ter havido um mal entendido no caso, já que confirmou à imprensa que a religião poderia fazer mais pela paciente do que a medicina.

De acordo com a National Secular Society, o GMC irá submeter Scott a um teste de aptidão profissional e a uma avaliação para verificar se ele sofre de distúrbio mental. O médico corre o risco de ter o seu registro profissional cassado, e seu caso se agrava mais ainda, segundo Terry Sanderson, presidente da National Secular Society, pelo fato de que Scott dá atendimento com o dinheiro público, do Serviço Nacional de Saúde.

Scott se defende afirmando que nunca desacreditou a medicina e que aquela reclamação tinha sido a primeira em toda a sua carreira.

Fonte: Gospel+

Bob Marley aceitou Jesus e foi batizado sete meses antes de morrer












Robert Nesta Marley, ou simplesmente Bob Marley, morreu em 21 de maio de 1981. Seu pesado caixão de bronze foi levado para o topo da colina mais alta da vila Nine Mile, onde, 36 anos antes, ele havia nascido.

Juntamente com o corpo embalsamado de Marley, estavam no caixão a sua guitarra vermelha Gibson Les Paul e uma Bíblia aberta no Salmo 23. No final da cerimônia, sua viúva, Rita, jogou um pé de maconha.

O funeral foi precedido de um culto de uma hora de duração para a família e amigos íntimos na Igreja Ortodoxa Etíope da Santíssima Trindade, celebrado por Abuna Yesehaq, arcebispo da Igreja no hemisfério ocidental. Ele contou que havia batizado Marley em Nova York, em novembro do ano anterior, logo após seus últimos shows no Madison Square Garden. Seguindo a tradição etíope, Bob recebeu um novo nome durante o batismo: Berhane Selassie, ou “Luz da Trindade”.

Logo após as 11 da manhã, o culto começou com um hino anglicano, “Ó Deus, nossa ajuda em épocas passadas”, acompanhado pelos percussionistas da United Africa Band. Como a melodia do antigo hino, o arcebispo, leu passagens do Livro de João, em Ge’ez, uma antiga língua da Etiópia.

O governador-geral da Jamaica leu um trecho de 1 Coríntios: “O último inimigo a ser destruído é a morte” A congregação cantou outro hino conhecido, “Quão Grande És Tu”. Logo depois, foi lido parte de 1 Tessalonicenses 3: “Por esta razão, irmãos, ficamos consolados acerca de vós, em toda a nossa aflição e necessidade, pela vossa fé, Porque agora vivemos, se estais firmes no Senhor”.

O ritual fúnebre tipicamente cristão parece estranho para alguém que ficou mundialmente conhecido por ser seguidor do rastafarismo, seita tipicamente jamaicana que proclama Hailê Selassiê I, imperador da Etiópia, como a representação terrena de Jah (Deus). O termo rastafári tem sua origem em Ras (“príncipe” ou “cabeça”) Tafari (“da paz”) Makonnen, o nome de Selassiê antes de sua coroação.

O motivo disso é que a família de Bob Marley sabia, embora não aceitasse que o cantor recebera Jesus como seu Senhor e renegara o rastafarismo.
Curta-nos no Facebook

A jornalista Christine Thomasos do site Christian Today Austrália, cita uma entrevista de 1984 que o arcebispo Yesehaq deu ao jornal Jamaica Gleaner.

“Bob era realmente um bom irmão, um filho de Deus, independentemente de como as pessoas olhavam para ele. Ele tinha o desejo de ser batizado há muito tempo, mas havia pessoas próximas a ele que tentavam controla-lo e que estavam ligadas a um ramo diferente do Rastafari. Mas ele vinha à igreja regularmente”.

De acordo com Thomasos, Yesehaq explicou que o câncer terminal de Marley foi a motivação por trás de sua conversão: “Quando ele visitou Los Angeles, Nova York e a Inglaterra, ele compartilhou sua fé ortodoxa, e muitas pessoas dessas cidades vieram à igreja por causa do Bob.

Muitas pessoas pensam que ele foi batizado porque sabia que estava morrendo, mas não foi assim. Ele fez isso quando já não havia qualquer pressão sobre ele. Quando ele foi batizado, abraçou sua família e chorou, todos choraram juntos por cerca de meia hora”.

Andre Huie, do site GospelCity, escreve sobre o testemunho de Tommy Cowan, amigo íntimo de Bob Marley e esposo da cantora gospel jamaicana Carlene Davis. Cowan diz: “o que pode ser uma agradável descoberta para alguns é que Marley, pouco antes de morrer, confessou Jesus Cristo como Senhor. Em outras palavras, ele negou que Haile Selassie era Deus (como Rastas acreditam) e confessou a Jesus como o único Deus vivo e verdadeiro”.

Falando sobre o batismo de Bob Marley, Tommy disse ter ouvido o bispo descrever assim o batismo: “Em um momento ele (Bob) chorou por 45 minutos sem parar, suas lágrimas molharam o chão. O Espírito Santo desceu sobre seu corpo e ele gritou três vezes: “Jesus Cristo, Jesus, meu Salvador, Jesus Cristo”.

Traduzido e adaptado de Guardian, Christian Today e Beliefnet por Gospel Prime



Fiquei muito feliz em saber que ele aceitou Jesus antes de sua morte. Glória a Deus. Aleluias.
Precisava postar esta notícia pois sempre fico feliz quanto uma alma e salva.
Por Celia

Cientista da NASA é demitido por declarar sua fé em Deus como criador Por Dan Martins em 13 de março de 2012














O cientista David Coppedge está movendo um processo contra a NASA, onde trabalhava, alegando ter sido despedido por ter proclamado a sua crença na teoria da “Criação Inteligente”. Por causa dessa ação, Coppedge foi ouvido nesta segunda-feira (12) pela justiça de Los Angeles.

O cientista era um dos líderes do grupo Cassini Mission, responsável pela exploração de Saturno e suas luas, e afirma ter sido demitido por acreditar na teoria que também recebe o nome de “Design Inteligente”. Essa teoria defende a ideia de que universo e a raça humana são complexos demais para terem surgido somente pelo processo evolucionista, tendo tido, dessa forma, criados por uma inteligência “superior”, logo, um Deus.

Coppedge informou à Associated Press que foi demitido por causa de conversas que teve com seus colegas de trabalho sobre “Criação Inteligente”, e por distribuir materiais sobre o assunto. Os DVDs que ele distribuía entre os colegas são produzidos por seu pai, que é membro de uma companhia cristã, a Illustra Media, e autor de um livro contra a teoria da evolução. O cientista foi demitido após trabalhar para a Agência de Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço por 15 anos.

O advogado do ex-cientista da NASA conta que ele tinha uma reputação entre os colegas de ser um cristão evangélico e que muitos chegaram a rotulá-lo como um cristão conservador. A defesa alega ainda que ele teria sido marcado por seus superiores depois que esses concluíram que a sua orientação sobre a Criação Inteligente era de origem religiosa: “Apesar de David não sair evangelizando em seu trabalho, ele tinha a reputação de ser um cristão que vivia de acordo com os princípios cristãos”.

David Coppedge está recebendo o apoio do Grupo cristão The Alliance Defense Fund e do Discovery Institute, instituição não partidária que conduz pesquisas em tecnologia, ciências, cultura, economia e assuntos estrangeiros. Ambas as instituições apoiam a teoria criacionista.

O diretor do Centro de Ciências e Cultura do Discovery Institute, John West, disse que “esse caso é sobre a liberdade de expressão e de consciência”. Segundo o The Christian Post, West declarou também que “há uma guerra contra qualquer pessoa que contradiz Darwin”.

Fonte: Gospel+

Pastor cubano sofre ataque e fica com danos cerebrais; entidade cristã apela por investigação Por Bruno Alves em 13 de março de 2012














A organização Mundial de Solidariedade Cristã, apelou às autoridades cubanas para investigar um ataque que teria deixado um pastor com danos cerebrais. Reutilio Columbié, foi encontrado inconsciente na rua várias horas depois de deixar sua casa em Moa, no dia 6 de fevereiro.

Segundo o Christian Today, o pastor viajou para a cidade de Holguin para apresentar uma queixa contra as autoridades que confiscaram um veículo da igreja. O veículo, comprado pelo pastor para transportar os membros da igreja, foi apreendido pelas autoridades em dezembro passado, sem aviso ou explicação.

O ataque foi precedido por telefonemas anônimos dizendo ao pastor e sua família que não contestasse contra o confisco do veículo, ou enfrentaria as consequências.

O veículo teria sido devolvido ao proprietário original, que tem laços familiares com um indivíduo do Comitê Central do Partido Comunista Cubano.

Ele não conseguia se lembrar de nada sobre o ataque, mas a única coisa faltando em sua posse mais tarde foram os documentos relativos ao veículo.

O pastor Reutilio, de 41 anos, está agora se recuperando em casa com sua esposa e seus três filhos, mas ainda tem problemas com a fala e a memória. Sua filha diz que ele também sente frequentemente náuseas e tonturas.

A família havia recebido garantias de uma investigação, mas agora foi dito que isso não vai mais acontecer, pois muito tempo já se passou.

“Cuba carece de uma legislação para proteger a liberdade religiosa e garantir a propriedade da igreja”, disse Mervyn Thomas, chefe executivo da organização Mundial de Solidariedade Cristã. Ele afirma que essa situação deixa os grupos e líderes religiosos vulneráveis aos abusos e sem meios de recorrer aos seus direitos.

Fonte: Gospel+

Apenas Gotas ou Abundante Chuva?
















Jabez orou ao Deus de Israel: “Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores”. E Deus atendeu ao seu pedido. I Cr 4:10

Poucos de fato sabem o que é a benção de Deus. Muitos pensam ter a benção de Deus pois em alguma área provam a graça e a misericórdia de Deus em suas vidas.

Tudo que temos de bom, tudo que possuimos e tudo que teremos vêm de Deus. Contudo, o que muitos dizem ser a benção de Deus, na verdade é apenas o resultado de um grande esforço de suas mãos e a permissão de Deus para que colhamos o fruto daquilo que nós plantamos.

Achamos que o fato do maná ter caído do céu para o povo de Israel foi uma benção de Deus. Não! Foi graça e misericórdia de Deus cuidando dos seus filhos desobedientes. A benção de Deus seria a terra que mana leite e mel.

Espiritualmente acontece a mesma coisa. Muitos experimentam algumas gotas do que seja a presença de Deus, apenas um maná do céu, e pensam ser isso a benção de Deus. Quando a chuva de Deus ainda não veio, pois estamos desobedientes e distantes de sua vontade.

Deus é bom! Deus nos ama e quer o nosso bem. Porém Ele não compactua com o pecado. Deus não tem parte com a infidelidade. Porém, como Deus amoroso Ele nos dá da sua graça e misericórdia, para que não nos percamos. Porém, essas pequenas gotas estão muito distantes do que é a benção de Deus.

A benção de Deus é quando tiramos a mão, quando declaramos a nossa falência, quando reconheço que o fruto que virá das obras de minhas mãos é insuficiente. É quando clamo desesperadamente por sua presença e busco a sua face como questão de sobrevivência para mim.

Então Deus resolve derramar da sua benção sem medidas. Não em meros momentos, não apenas quando você está pregando, não apenas em uma área de sua vida, mas em todas. Assim foram nos avivamentos. Assim foi na vida de alguns poucos homens de Deus. Assim quero que aconteça em minha vida.

Porém existe um preço a ser pago. Existe uma cruz a ser carregada. Existe um caminho a ser trilhado. O caminho da obediência. O caminho da santidade. O caminho que decreta a própria falência, que reconhece a sua incapacidade e declara a soberania de Deus sobre sua vida. O caminho que está disposto a ir até para morte para glorificar o nome de Deus.

Você está satisfeito com as gotas? Ou deseja a chuva abundante de Deus.


Por Daniel Simoncelos

Nigéria: ataque terrorista contra Igreja Cristã deixa 10 mortos













Mais um caso de atentado contra cristãos, desta vez, a barbárie ocorreu Nigéria, no continente africano. Um suicida lançou um carro cheio de explosivos contra uma igreja, que fica em Jos, no centro do país. A investida causou a morte de 10 pessoas que estavam no tempo na hora do ataque, informa a agência de notícias RTP de Portugal.

Segundo Pam Ayba, porta-voz do governo do Estado de Plateau, onde Jos está localizada, ”A igreja ficou danificada, o teto caiu e o restante (do prédio) ficou devastado”. Sobre o terrorista, ele informou que o mesmo morreu com a explosão, são sendo possível identificá-lo.

Ainda não houve manifestação por parte dos mandantes do crime, mas, há suspeitas por parte das autoridades, que o atentado teria sido de autoria do grupo islâmico Boko Haram. Os extremistas há meses vêm atacando cristãos na mesma região do país.

Fatos como esse, têm causado imensa preocupação à igreja brasileira, já que o Brasil é um dos países com maior número de missionários espalhados pelo mundo, além de ser um dos que mais envia missionários às nações anualmente.

A violência contra os missionários tem sido reincidente em muitos países, principalmente nos que têm a predominância de religião islâmica, muitos já chegaram a ser assassinados, tão somente pelo fato de confessarem a fé cristã.

Fonte: Gospel+

No primeiro “café de pastores” do ano, apóstolo Estevam Hernandes declara: “O Brasil será o maior país evangélico do mundo”










Na última segunda feira (12) o Renascer Hall, em São Paulo, sediou o primeiro café da manhã do CIEAB (Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil). O evento reuniu centenas de pessoas e teve participações de nomes como apóstolo Estevam Hernandes, Bispa Sônia Hernandes, Jordana Cantarelli e John Hull, pastor norte-americano que faz parte do ministério John Maxwel.

O evento foi iniciado por um discurso de Estevam Hernandes no qual ele falou do real objetivo do CIEAB, entidade da qual é presidente: “A confederação é uma visão de Deus para estarmos unidos em Cristo Jesus, queremos a igreja crescendo solidamente no Brasil e visamos formar líderes dentro da visão apostólica”, explicou aos presentes.

John Hull também ministrou durante o evento. O pastor, que é reconhecido no mundo inteiro por possuir uma grande experiência em liderança, foi o responsável por dirigir a pregação durante o café da manhã e encerrou sua mensagem afirmando: “Deus vai usar o Brasil de maneira estratégica. Uma grande colheita está chegando nesta nação. Estejam preparados”.

Durante o evento aconteceu também a unção de bispos e apóstolos feita por Hernandes que declarou, sobre os novos líderes instituídos por ele: “Assim como fez Jesus Cristo esses homens de Deus formarão discípulos, vidas serão transformadas e libertas através de suas vidas. O senhor está colocando a chave de um novo tempo nas mãos deles”.

Hernandes usou o evento também para anunciar a realização da Marcha pra Jesus que acontecerá no dia 14 de julho. Ressaltando a importância do evento, em sua visão, o apóstolo afirmou que o Brasil nunca mais foi o mesmo desde quando os evangélicos saíram às ruas na Marcha para Jesus. Durante suas declarações, ele afirmou também que “o Brasil ainda será o maior país evangélico do mundo”.

Fonte: Gospel+.

Igreja Mundial do Poder de Deus quer comprar horário no canal Mix TV














A Igreja Mundial do Poder de Deus, do apóstolo Valdemiro Santiago, está negociando a compra de horário em mais um canal de TV, desta vez, a Mix TV. Inicialmente a grade de programação da Mix TV era para ser direcionada predominantemente ao público jovem, com videoclipes e temas voltados à faixa etária, sendo uma concorrente direta da MTV, com programações similares.

Mas, o Grupo Mix, que pertence à família Di Gênio, está em negociando com a Igreja Mundial, horários que vão desde a meia-noite até às 11 horas da manhã, que seriam utilizados para a transmissão dos cultos da igreja, como é feito nas outras emissoras.


Já em relação ao preço da veiculação da programação evangélica, estaria custando aproximadamente R$1,2 milhão por mês, segundo fontes ligadas à Igreja Mundial. Mas, o Grupo Mix não quis se pronunciar sobre a informação, que fora publicada pela Folha, nesta segunda-feira.

Fonte: Gospel+

Pastor que ficou preso 13 anos por evangelizar e liberto da prisão












Depois de passar 13 anos na prisão, um pastor chamado Bounchan Kanthavong, que vive em Laos, foi posto em liberdade. Ele havia sido condenado em 1999 por traição à pátria e ir contra a segurança nacional.

Depois que havia recebido um treinamento bíblico, ele começou a compartilhar sua fé com as pessoas que chegavam a sua loja de roupas.

Com seu testemunho, o pastor que também é comerciante, levou mais de 70 pessoas a aceitaram a Cristo.

Na época as autoridades pediram para que ele parasse de anunciar o evangelho de Cristo, mas como tinha se convertido a fé cristã desde 1997, ele então usou o seu oficio para falar de Jesus.
Curta-nos no Facebook

O governo estava com medo, porque para eles o cristianismo é uma religião estrangeira que poderia abrir caminho entre as pessoas com uma cultura estrangeira, sendo algo que foi severamente criticado.

Então para conter a evangelização, o governo decidiu condenar a prisão o pastor.

Sua esposa, Sengkham, continuou o trabalho de evangelismo e chegou a formar uma comunidade cristã em Laos, tendo agora 3 mil crentes. Agora que Bounchan está livre continua precisando das orações de todos os cristãos, porque enquanto estava preso a sua saúde deteriorou-se consideravelmente. Orem por ele, sua esposa, cinco filhos e para os cristãos em Laos.

O Laos é um dos países mais pobres do Sudeste Asiático. O nome oficial é República Democrática Popular Lao. Limitado ao leste pelo Vietnã, a oeste pela Tailândia, Camboja, ao sul e ao norte pela China e Mianmar.

Portal Padom

Com informações Barnabas Fund

Diretor do Big Brother Brasil, Boninho, diz, “no Big Brother Deus não existe”









Boninho, diretor do Big Brother Brasil, fez uma declaração polêmica esta semana sobre uma manifestação religiosa dos participantes do programa , o episódio aconteceu quando , antes de uma prova do reality show, os integrantes começaram a rezar, Boninho se manifestou dizendo, “não adianta rezar, porque no Big Brother Deus não existe”.

Ainda como retaliação à atitude dos jogadores que estavam na casa, o diretor do programa ainda deu ordens para que o sim do pay-per-view fosse cortado.

A edição 2012 do Big Brother foi muito criticada, principalmente depois das acusações de abuso sexual dentro da casa, Boninho ignorou o episódio, porém o público reagiu e fez vários protestos contra o ocorrido, que também se tornou um caso judicial.

O Big Brother Brasil estreou no ano de 2002, e se tornou um programa de destaque na TV Globo, porém nos últimos anos, a crítica do público tem aumentado e muitos deixaram de assistir o programa.

Fonte: Gospel+



Acrescentando mais um pouco para você avaliarem a questão.

O programa que esta na sua 12ª edição, contava com duas participantes que se dizem evangélicas, a primeira Jaqueline Leal Lucena, que foi a segunda eliminada e a jovem Kelly Medeiros, que dentro da casa não tem mostrado nenhum fruto do Espírito, mas igualmente os incrédulos têm participado desta depravação moral e espiritual.
Pela primeira vez, vemos que o diretor tem razão em suas palavras, pois dentro deste programa com toda a certeza Deus está de fora.
Se o próprio diretor afirma que Deus não existe no programa, será que tem algum crente que se atreve a assistir esse negócio???
Com informações Revista Veja

Juiz proíbe Assembleia de Deus de celebrar cultos em Mato Grosso do Sul


















Uma igreja Assembleia de Deus, Ministério Belém, foi proibida de celebrar cultos na cidade de Corumbá, Mato Grosso do Sul, a decisão foi dada pelo Juiz Vinicius Pedrosa Santos, da 3ª Vara Cível de Corumbá, o motivo seria o barulho excessivo causado na hora dos cultos na igreja.

A igreja foi processada por uma vizinha, que relatou nãos mais aguentar o barulho “ensurdecedor” vindo do templo. Mas, antes de mover a ação contra a instituição, ela afirmou ter tentado resolver o problema com os representantes da igreja, com o Ministério Público e até com a Polícia Militar, mas não obteve sucesso.

A sentença proíbe a realização dos cultos até que seja providenciado um sistema de isolação acústica que reduza o barulho das reuniões. João Lucas Martins, pastor da igreja, mostrou-se surpreso com a decisão, pois já tinha assumido formalmente com o Ministério Público o compromisso de isolar o som do templo, e teria até o dia 26 de março para cumprir o acordo.

Por entender que a decisão do juiz se trata de perseguição religiosa, o pastor irá recorrer da sentença, ele não gostou da colocação do juiz, segundo a qual “é praxe das igrejas evangélicas colocarem às alturas seus equipamentos de som, seus discursos e causar um efeito nocivo à população”, mas argumentou, “a liberdade de culto não autoriza a poluição sonora pela igreja evangélica”.

Fonte: Gospel+

Movimento de homossexuais quer impedir atuação de Capelanias Evangélicas















O movimento defensor das causas homossexuais, o LGBT (Lésbias, Gays, Bissexuais e Travestis), tem tentado impedir a atuação das Capelanias Evangélicas em hospitais. O grupo tem realizado acusações difamatórias à Associação de Capelania Evangélica Hospitalar, principalmente à capela Eleny Vassão de Paula Aitken, que atua no Centro de Referência e Treinamento em DST-AIDS (CRT-AIDS), e no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na cidade de São Paulo.

Artigos e comentários publicados na internet referem-se ironicamente ao trabalho realizado pelas capelanias evangélicas, em um dos textos, de Cláudio Celso Monteiro Jr. cita, traz o título “A homofobia (institucional) nossa de cada dia”, e outro, “Fundamentalismo religioso invade hospitais brasileiros”, de Ricardo Aguieiras. Também foram dirigidas críticas à Igreja Presbiteriana do Brasil, ao ser citado o livro “A missão da igreja gente a AIDS”, publicado pela Editora Cultura Cristã, há quase 20 anos.

Nos textos os grupos evangélicos são acusados de “homofobia”, “atendimento espiritual de maneira invasiva” e até de “sérias falhas em questões de biossegurança”. Mas, além da manifestação realizada através dos artigos as acusações já foram também realizadas verbalmente, direcionadas às diretorias dos hospitais que recebem assistência das capelanias evangélicas.

Desta forma, o trabalho dos evangélicos nos hospitais está correndo risco de ser interrompido, já que a Coordenação de Políticas para a Diversidade Sxual e Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania da vidade de São Paulo tem apoiado o posicionamento dos grupos LGBT.

Com um tradicional trabalho de mais de 30 anos e atuante em mais de 200 hospitais brasileiros, a Associação de Capelania Evangélica Hospitalar, numa tentativa de se defender seu trabalho e também de alertar a igreja brasileira sobre a situação, lançou uma nota em seu site convocando todos para um abaixo-assinado virtual, como apoio à instituição.

Para assinar o abaixo-assinado é só acessar o site www.peticaopublica.com.br



Fonte: Gospel+

EUA é chamado a intervir em perseguição a cristãos no Sudão do Sul














O governo islâmico do Sudão do Sul, localizado no continente africano, foi acusado de retomar o processo de matar sistematicamente os habitantes das montanhas de Nuba, uma região ao sul do país que é 30% cristã, questão a qual o governo dos Estados Unidos está sendo chamado a intervir.

O governo sudanês alegadamente matava os habitantes da região das montanhas de Nuba, localizada em uma área chamada Kordofan do Sul, onde cessou entre as décadas de 80 e 90.

Brad Phillips, presidente e fundador da Fundação de Projetos e Perseguição, cujo ministério cristão sem fins lucrativos tem vindo a trabalhar no Sudão desde 1998, confirmou em relatórios ao The Christian Post múltiplos ataques a pessoas de origens específicas nessa região desde o verão de 2011.

Mas não há consciência pública sobre a violência, e o ministério realiza meta para pressionar o presidente Barack Obama, usando um novo empreendimento, chamado Save the Nuba, para impedir um genocídio em potencial.

O país está em estado de guerra civil nas últimas duas décadas em grande parte por razões étnicas e religiosas, até 2005, quando um Acordo de Paz Global foi assinado, dirigido pelos Estados Unidos.

Em julho de 2011, o Sudão, que é um país 70% muçulmano e possui um governo islâmico conservador e uma história horrível de violência, quebrou o acordo de paz e começou a perseguir e matar as pessoas das montanhas de Nuba, assim como os cristãos e os apóstatas do Islã, de acordo com relatórios da fundação.

A Fundação de Projetos e Perseguição foi fundada em 1997 por Brad Phillips, com a finalidade de mobilizar os cristãos a envolverem-se em compaixão a vítimas de guerras civis, genocídio e perseguição religiosa.

Fonte: Gospel+

Associação de ex-homossexuais publica nota defendendo o pastor Silas Malafaia











Diante das declarações do procurador federal Jefferson Aparecido a respeito do pastor Silas Malafaia, a Associação Brasileira de Ex-LGBTT (Abex), emitiu um comunicado oficial no qual declarou repúdio às declarações do procurador, definidas pela associação como perseguição religiosa.

Presidida pelo ex-travesti Joide Miranda, a Abex é formada por ex-homossexuais e afirma, em sua notam “que não aceitará qualquer ato de perseguição contra qualquer pessoa que pacificamente se posicione contra a homossexualidade”.

Assinada por Joide Miranda e pelo Dr. Matheus Sathler em 10 de março de 2012, a nota afirma que a associação “está tomando as devidas medidas legais junto ao Conselho Nacional do Ministério Público para dar início a um pedido de abertura de processo administrativo disciplinar em relação à atuação do procurador Jefferson Aparecido Dias para que explique na ótica do direito positivo pátrio de onde tirou a tipificação alienígena de ‘declaração homofóbica’ em relação à fala do pastor Malafaia”.

O documento critica também o Ministério Público, por causa de inquérito instaurado contra Malafaia: “É extremamente preocupante uma autoridade da República Federativa Brasileira, livre e democrática, estar aparentemente utilizando um órgão tão estimado como o Ministério Público para atuar em prol de um pequeno grupo intolerante e que não aceita as diferenças de opiniões com relação à homossexualidade”.

“O que nos parece é que uma doutrinação totalitária da sociedade brasileira está aos poucos tentando ser implementada. Mas que com a atuação de homens de coragem, que não temem a própria morte e não se curvam frente ao mal, não evitarão esforços para impedir que tal doutrinação sem base racional e científica venha a ocorrer”, finaliza o documento.

Fonte: Gospel+

Padre que chamou evangélicos de otários pode ser afastado da igreja









O padre Paulo Ricardo de Azevedo Junior, que chamou os cristãos protestantes de otários e orgulhosos, pode ser afastado do seu cargo após reclamações de outros padres, que também se sentiram ofendidos pelos seus sermões do colega.

A polêmica ministração na qual o padre criticou os evangélicos aconteceu no “Vinde e Vede”, um tradicional evento católico que acontece no período de Carnaval.

O pedido de afastamento do padre foi feito por meio de uma carta aberta, assinada por 27 padres e protocolada junto à Mitra Arquidiocesana e à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). No documento, segundo a agência Mídia News, colegas alegam que o padre Paulo Ricardo vem ofendendo e denegrindo a imagem dos párocos locais. O pedido para o padre ser afastado será julgado pelo arcebispo de Cuiabá, dom Milton Santos.

Um dos motivos que levou ao pedido dos religiosos pelo afastamento do colega foi o vídeo de uma palestra do pároco na qual ele questiona: “Quantos padres foram tomados completamente pelo espírito do mundão. Tá entendendo? Caíram no mundão, no mundo (…) Quer dizer que estão no mundão, tão na festança, tão no pecado. Não querem mais ser padres. Querem ser boy. Querem tar (sic) na moda. Tá entendendo? Querem ser iguais a todo mundo. Padre que quer ser igual ao mundo!”

Alegando que ele “não tem saúde mental para ser formador de futuros presbíteros”, os padres pedem para que, além de ser afastado do comando das missas de sua paróquia, Paulo Ricardo de Azevedo seja também retirado do cargo de mestre do Seminário Dom Aquino Correa (Sedac), em Várzea Grande.

Fonte: Gospel+

Filha de pastor afirma que fazia sexo com demônios antes de se converter na Igreja Universal


















O bispo Edir Macedo reproduziu em seu blog o email que uma filha de um pastor da Igreja Universal enviou à Márcia Panceiro, esposa do bispo Romualdo Panceiro, em que ela relata desde traumas de infância, rebeldia na adolescência, até envolvimento com o diabo.

No email, ela se identifica como Camila Martins, 18 anos, e pede que a Márcia auxilie outros jovens em situação como a dela, pois “muitos filhos de pastores sofrem sozinhos, seus pais nem desconfiam, como os meus também não sabiam”.

Entre os relatos, afirma que quando tinha 5 anos de idade, foi abusada por um parente, que tinha 10 anos na época, e que a partir disso, passou a sentir nojo de homens e a cultivar o ódio: “Eu comecei a ter muito ódio de Deus, pois eu dizia que o culpado do meu sofrimento era Ele. Odiava este meu parente, era revoltada, sentia nojo e ódio dos homens”.

Camila relata que uma amiga a apresentou ao diabo e ela passou a fazer pedidos a ele, e em determinada fase de sua vida, passou a ser abusada sexualmente por demônios: “Masturbava-me todos os dias. E o fato de começar a fazer estes pedidos ao diabo me custou caro. Comecei a ser abusada pelos encostos, diariamente, era horrível e não era apenas um, eram vários, pois aquilo demorava muito tempo, e repetia-se por várias vezes na madrugada. Não os via, mas os sentia por completo”.

A jovem conta que após ter deixado seu ódio a Deus de lado, passou a buscar a libertação e que agora, pode ajudar outros: “Não tenho relações com os demônios, e agora posso ajudar as pessoas que sofrem, como eu sofri. Filhos de pastores que sofrem, que estão no mundo da prostituição, dos vícios, do homossexualismo, e não conseguem se libertar”.

Confira abaixo a íntegra do email publicado pelo blog do bispo Edir Macedo:

Olá, dona Márcia!
Por meio deste e-mail, gostaria de relatar meu testemunho. Meu nome é Camila Martins, tenho 18 anos, sou filha de pastor e estou como obreira há 3 anos.

Eu tinha 3 anos quando meus pais entraram na obra. Aos 5 anos de idade, fui abusada por um parente, na época, ele tinha 10 anos. Aos 7 anos, eu comecei a passar por grandes problemas espirituais. Via vultos, ouvia vozes, tinha diversos pesadelos, era uma criança nervosa, não conseguia me relacionar com as outras crianças e nem me desenvolver na escola. Os professores diziam aos meus pais que eu precisava da ajuda de psicólogos.
Além disso, tinha problemas de saúde, como dores fortíssimas de ouvido e queda de cabelo. Os médicos não descobriam as causas e os remédios não resolviam.

A partir dos 13 anos, os problemas se agravaram e os traumas voltaram com mais força. Eu comecei a ter muito ódio de Deus, pois eu dizia que o culpado do meu sofrimento era Ele. Odiava este meu parente, era revoltada, sentia nojo e ódio dos homens.

Lembro-me de uma situação que meu pai estava saindo comigo da IURD, e um pastor, amigo dele, veio cumprimentar-nos com um abraço, quando senti aquele cheiro de homem tive vontade de vomitar, mas me segurei. Apesar de ser um amigo da família, companheiro de fé, de obra, eu o rejeitava pelo fato de ser homem.

Na escola, eu passei a ser diferente, comecei a me vestir como um menino, falar muitos palavrões, mentir, falsificar assinaturas do meu pai para sair cedo, além de odiar os garotos do colégio.

Na IURD, eu era diferente. Vestia-me bem, comportava-me, mas não gostava de assistir as reuniões, principalmente as de sexta-feira. Eu tinha tanto ódio, era tão debochada, que em um domingo, assistindo a reunião, na hora em que o pastor estava buscando o Espírito Santo, eu cruzei os meus braços e fiquei de olhos abertos. No final da reunião, uma obreira veio conversar comigo, me falou para aceitar a Jesus e que eu não esperasse chegar o dia mau para buscá-Lo. Eu simplesmente me levantei e dei as costas para ela. A partir daquele momento, minha vida só andou para trás, o que era um trauma do passado, passou a ser uma realidade diária.

De uma semana para a outra, minha cabeça virou e me aproximei dos garotos da escola, bem mais velhos. Queria ser como eles, no jeito de falar, de me comportar e me vestir. Entrei para o time de futebol da escola, e comecei a gostar de uma garota também.
Não tive um relacionamento com ela por medo de que a IURD descobrisse e mandasse meus pais embora, esse era meu pensamento, e não pelo fato de ser algo abominável a Deus.

Um dia, esta mesma garota me apresentou um deus que poderia servir-me e atender a tudo o que eu pedia. Eu sabia que ela estava falando do diabo, mas mesmo assim comecei a seguir os conselhos dela e um dia fiz um pedido ao diabo. Eu tinha ódio de um rapaz (eu tinha ódio de todo mundo), e eu pedi para que ele sofresse um acidente de moto e quebrasse a perna direita, dito e feito, no dia seguinte, isto aconteceu.
Até mesmo as pessoas na escola diziam que eu precisava de Deus, e eu sempre respondia: “Eu não preciso desse cara, pra Ele tomar posse da minha vida, Ele vai ter de provar que é muito bom”.

O tempo foi passando, eu já estava no vício da pornografia, filmes, revistas, internet, entre outros. Masturbava-me todos os dias. E o fato de começar a fazer estes pedidos ao diabo me custou caro. Comecei a ser abusada pelos encostos, diariamente, era horrível e não era apenas um, eram vários, pois aquilo demorava muito tempo, e repetia-se por várias vezes na madrugada.
Não os via, mas os sentia por completo, como se fosse um homem, um ser humano mesmo, eu ficava incapaz de reagir, gritar ou ter alguma ação. Eu era triste, nervosa, chorava muito e não contava a ninguém o que se passava, nem para os meus pais. Sabia que Deus poderia me tirar daquela situação, mas o ódio que eu tinha era tão grande que não aceitava servir a Deus, era algo muito triste.

Porém, houve um dia, na hora em que fui dormir, já sabendo que eles viriam e abusariam de mim novamente, eu chorava, estava tão cansada de toda aquela situação, deitada na cama, me lembrei daquela obreira, das suas palavras, e clamei o nome de Jesus, eu chorava como uma criança e pedia que Jesus me salvasse.

Naquele dia, eu dormi e fiquei em paz, depois disso ainda demorei ainda um pouco para reconhecer que realmente Jesus tinha o poder de me salvar. Após 2 meses, mudamos de IURD e fomos para a João Dias, lá decidi entregar-me para Jesus. Passei a ir todos os dias à igreja, todos os dias mesmo, buscava minha libertação, buscava o Espírito Santo sem medo nem vergonha dos outros filhos de pastores, obreiros etc.

Em 4 meses, eu me libertei e fui batizada com o Espírito Santo, porque entendi que o Espírito de Deus era a garantia de que nunca mais eu cairia, mas para recebê-Lo tive de fazer algo que era impossível para mim, perdoar! Eu perdoei este rapaz que abusou de mim e perdoei as demais pessoas. Aí sim, fui batizada com o Espírito Santo. Tudo mudou, tudo!

Hoje sou uma nova pessoa, não sou nervosa, não sou rebelde, não tenho doenças, os traumas do passado não têm mais efeito na minha vida. Não tenho medo, angústia ou tristeza. Não tenho os vícios de pornografia e masturbação para preencher o vazio. Não tenho relações com os demônios, e agora posso ajudar as pessoas que sofrem, como eu sofri.

Filhos de pastores que sofrem, que estão no mundo da prostituição, dos vícios, do homossexualismo, e não conseguem se libertar. Obreiras que são mulheres de Deus, mas que sofrem um trauma no passado e, mesmo sendo novas criaturas, ainda não sabem lidar com isso.

Dona Márcia, é importantíssimo o auxílio a estas pessoas, pois, muitos filhos de pastores sofrem sozinhos, seus pais nem desconfiam, como os meus também não sabiam.

Hoje, posso dizer que não há nada mais importante do que ter a vida nas mãos de Deus, nem o amor de pai, de mãe, de irmão, ou de uma paixão pode se comparar ao amor de Jesus!

Um beijo.
Deus abençoe a senhora mais e mais!

Colaboração: Márcia Panceiro

Fonte: Gospel+

Entrevista com o diretor do Centro Americano de Lei e Justiça ao Verdade Gospel falando sobre o caso Youssef Nadarkhani













O diretor executivo do Centro Americano de Lei e Justiça, Dr. Jordan Sekulow, esteve no estúdio do Verdade Gospel, nesta segunda-feira, e com exclusividade concedeu entrevista ao apresentador Davi Gomes e ao chefe de redação do portal, o jornalista Marcos Melo.

Na ocasião, Sekulow apresentou cópia do documento que consta a condenação do pastor iraniano Youssef Nadarkhani e, dentre inúmeras informações valiosas, afirmou que Nadarkhani está vivo, desmentindo boatos.

Dr. Jordan, que recentemente concedeu entrevista ao Jornal Nacional falando sobre sua luta em prol da vida do pastor Youssef, está no Brasil para um encontro com o Vice-Presidente da República Michel Temer, que ocorrerá nesta quarta-feira.

O objetivo da visita é buscar apoio do Brasil para que, diplomaticamente, interceda pela vida de Nadarkhani junto ao governo do Irã, já que o país goza de uma cordial relação com lideranças iranianas.

Assista a entrevista:














Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.