Missionário relata cura milagrosa de menina cega em culto na Etiópia, após superar medo de retaliação de muçulmanos



Imagem ilustrativa.

O missionário Chris Franz publicou um artigo em que relata a experiência de um milagre de cura da cegueira durante um culto realizado na cidade de Moyale, na Etiópia.
A região é conhecida por 90% de sua população ser muçulmana, e os outros 10%, adeptos a outras religiões, incluindo o cristianismo.
Franz diz em seu artigo no Charisma News que o milagre de cura da menina Diramu Eka aconteceu como uma espécie de recompensa por ele ter vencido o medo de pregar num ambiente hostil.
“Enquanto nos dirigíamos para Moyale, houve uma sensação desagradável no estômago. Com o evangelismo iniciado, o inimigo realmente tentou encher meu coração com medo e intimidação. Um dos pastores locais me contou que ele tem estado em Moyale há mais de 20 anos, mas nunca se atreveu a colocar um cartaz para uma reunião cristã, pois temia as repercussões que isto poderia trazer”, relata o missionário.
A hostilidade foi retratada para ele através do relato de um dos organizadores locais sobre um desentendimento com um muçulmano, enquanto eles convidavam pessoas para o culto.
“Ele me contou como um homem muçulmano muito hostil queria começar uma briga com ele, porque ele havia oferecido um folheto de convite a ele. O homem era tão hostil que os organizadores temeram por sua segurança e mudaram sua abordagem, passando apenas a jogar o resto dos panfletos para fora do carro em movimento, a fim de permanecer seguro. As pessoas vieram correndo de todos os cantos e pegaram os panfletos do chão. Foi assim que eu soube que o grupo terrorista Al-Shabab é muito ativo em Moyale”, escreveu Franz, referindo-se à organização radical islâmica que tem base na Somália e é suspeita de ter ligações com a Al-Qaeda.
“Depois de um dos maiores ataques de pânico da minha vida, o poder de Deus veio sobre mim. Eu estava na frente da multidão, pregando cheio do fogo de Deus. De repente, eu pensei comigo mesmo: ‘Eu não tenho sequer um pingo de medo no meu coração! A ousadia de Deus veio sobre mim, e o Espírito de Deus começou a se mover’. De repente, ouvi gritos atrás de mim. Virei-me para ver o que tinha acontecido, mas só ouvi os gritos e uma comoção. Yonas, nosso organizador, veio rapidamente para mim e disse: ‘Uma garota cega pode ver!’”, relata o missionário.
Segundo Franz, a adolescente havia ficado cega na infância, e todos os presentes no culto a conheciam naquele estaado: “Seus belos olhos castanhos, cheios de lágrimas… As pupilas se moveram para trás e para frente, tentando ajustar o foco da visão em cada detalhe. Diramu Eka tinha ficado completamente cega quando tinha três anos de idade e havia ficado nas trevas por dez anos. Na noite antes desta reunião, ela sonhou que um milagre aconteceria durante o culto. Ela teria renovado suas esperanças de novo por nada? Ela decidiu acreditar contra todas as probabilidades e pediu seu vizinho para ajudar a levá-la ao culto, e lá estava ela com sua bengala para cegos na mão, confiando em Deus para o impossível. Quando oramos pelos doentes, o poder de Deus veio sobre ela. Seus olhos se abriram, e a celebração começou”, testemunha Franz.
“Quando tomamos a autoridade de Deus contra o medo e dúvida em nossas vidas, milagres acontecem”, conclui o missionário.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Cristãos e muçulmanos se unem para proteger igrejas de ataques no Egito




A recente onda de ataques a igreja cristãs no Egito já causou uma grande destruição, com números mostrando 73 igrejas e mosteiros parcial ou totalmente queimado, além de 212 propriedades privadas pertencentes a cristãos egípcios foram atacadas, saqueadas ou incendiadas.
Apesar da onda de destruição, iniciada depois que o Exército e a polícia egípcia iniciaram uma operação para remover dois acampamentos formados por apoiadores do presidente deposto Mohamed Mursi, cenas de solidariedade e união também tem nascido em meio à situação. Na capital egípcia, um grupo formado por uma união entre cristãos e muçulmanos se reuniu para tentar impedir a destruição de igrejas cristãs.
- Éramos mais de cem homens, cristãos e muçulmanos, prontos para defender a igreja de Santa Maria Ardel Sherka, localizada em nosso bairro. Tudo o que tínhamos eram pedras, pedaços de paus. Alguns carregavam facas – relatou o engenheiro agrônomo Mohamed, que é muçulmano, e se juntou à multidão para defender a igreja local.
- No início éramos na maioria cristãos, mas aos poucos foram chegando mais muçulmanos para nos ajudar. Disseram que a destruição de igrejas era um atentado contra todos os egípcios e que era dever dos muçulmanos defender seus irmãos coptas – completou o cristão copta Fadi, de 25 anos.
- No início, os dois grupos ficaram trocando gritos e intimidações. Mas logo as brigas começaram, com pedras sendo atiradas. Eu fui atingido no braço por uma pedra, mas sem gravidade. Mas vi um homem levar uma pedrada na cabeça e cair ao chão com o rosto cheio de sangue – contou Fadi, que é estudante de direito.
Além de proteger o templo cristão, a união gerou uma inusitada amizade, no cenário de confronto religioso vivido pelo Egito. A ação motivou o início de uma amizade entre Fadi e Mahmoud, um muçulmano de 27 que trabalha na pequena padaria do pai.
- Fadi ajudou um amigo meu que havia levado uma pedrada. Prometi que voltaria nos dias seguintes para ajudar um grupo a fazer vigília para defender a igreja. Foi aí que ficamos amigos – explicou Mahmoud.
De acordo com a revista Veja, ações conjuntas entre religiosos cristãos e muçulmanos não se limitaram apenas à capital. Cristãos e muçulmanos também se uniram para apagar incêndios em igrejas ou conter ataques em outras cidades como Minya, Suez, Fayoum, Assiut e Alexandria.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Pastor Silas Malafaia: “Evangélicos devem dominar política, mídia e redes sociais para influenciar o Brasil”





A Marcha para Jesus em Campo Grande, na última segunda-feira, 26 de agosto, reuniu 40 mil pessoas nas ruas da capital do Mato Grosso e contou com a presença do pastor Silas Malafaia.
No evento, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) fez discurso contra a homossexualidade, classificando a prática como “abominação” e disse que o casamento gay está “integrado com a safadeza” de ateus e anarquistas.
Segundo informações do portal Campo Grande News, Silas Malafaia sugeriu aos participantes da Marcha para Jesus que votassem em candidatos evangélicos nas próximas eleições, e fez uma ressalva: “Vejam muito bem em quem vocês vão votar, porque tem muito evangélico aí que se diz evangélico, mas apoia o casamento gay”, afirmou, antes de complementar: “O senador é a favor do aborto? Chumbo nele. O seu candidato é a favor do casamento gay? Chumbo nele”.
O pastor disse ainda que se sente na obrigação de continuar lutando contra os ativistas gays e suas propostas: “Mesmo que não consiga [acabar com o casamento gay], a geração seguinte vai perceber que aqui passou alguém que não concorda com essa abominação”, argumentou Malafaia.
“Muitos crentes vem e falam: pastor, não tem como ganhar dos gays, eles ganharam o casamento no Supremo Tribunal Federal. Eu digo a vocês: isso não é um jogo de futebol, não é um time que está ganhando. Nós temos que ter a consciência tranquila em defender o direito a família, a moralidade do ser humano”, disse o pastor.
Ele chamou atenção ainda para a existência de centenas de projetos no Congresso criados “para detonar os conceitos cristãos, para destruir os valores morais da sociedade, destruir tudo”, e afirmou que “por trás disto temos ateístas e anarquistas, querendo construir um novo paradigma, apoiado, sustentado na libertinagem e na safadeza”, esbravejou.
Malafaia ainda criticou a mídia e convocou os fiéis para criar conteúdo e conquistar espaços: “Vamos tomar posse dos meios de comunicação, vamos tomar posse das redes sociais, da política. Vamos fazer diferença, influenciar o Brasil”, disse.
O pastor deixou transparecer que desconfia do custo das mídias de massa no Brasil, considerado abusivo: “Não consigo expandir meu programa aqui no Brasil, enquanto faço dublagem para outros países e vendo sabem por quanto para o exterior? Por vinte vezes mais barato que aqui. Querem nos impedir de divulgar a palavra”, teorizou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Enquete sobre o direito do governo criminalizar pais que disciplinam filhos

Julio Severo
A Câmara dos Deputados começou, no dia 22 de agosto, uma enquete (http://bit.ly/19DTN0Z) sobre a criminalização dos pais que aplicam disciplina física nos filhos.
Mas nem a enquete nem o projeto confessam sua natureza óbvia de criminalização dos pais, recorrendo a uma linguagem mais astuta. O Projeto de Lei 7672/10, do Poder Executivo, mais conhecido como “Lei da Palmada,” pretensamente “protege” o “direito de crianças e adolescentes serem educados sem o uso de castigos físicos.”
O pai e a mãe que violarem a proteção estatal sobre crianças sofrerão a ira e os castigos estatais. Serão tratados como monstros.
O fascinante é que a pessoa por trás da Lei da Palmada, Maria do Rosário, é uma feroz militante do aborto. Isto é, qual o sentido de uma feminista que defende o assassinato de inocentes bebês em gestação querer “proteger” os filhos da disciplina física dos pais? Ou melhor, quem protegerá os bebês em gestação das obsessões assassinas de Maria do Rosário? Quem protegerá os pais e as famílias de um governo repleto de militantes como Rosário?
A pergunta da enquete não contém menos malícia do que as intenções de Rosário. Em vez de perguntar se “o Estado deveria criminalizar os pais que disciplinam fisicamente os filhos?”, a enquete vem com a pergunta “Você concorda com o uso de castigos físicos na educação de crianças e adolescentes (PL 7672/10)?”
O próprio projeto de Rosário trata oficialmente toda disciplina física como violência e maus-tratos. A pergunta, seguindo essa direção, só faltou indagar: “Você concorda com violência física?” Claro que ninguém concorda.
Aliás, quando se fala em Lei da Palmada, a primeira reação dos pais é um sonoro “não.” Relatório do Disque Câmara (0800 619 619), de janeiro a junho de 2012, mostrou que 94,6% dos brasileiros são contra a Lei da Palmada.  De 1 de julho deste ano até 12 de agosto de 2013, das 618 manifestações sobre o projeto de Maria do Rosário, 93,9% (580) disseram que são totalmente contrários. Apenas 6,1% (38) se manifestaram a favor. 

Enquete manipulável

Contudo, estranhamente, a enquete (http://bit.ly/19DTN0Z), que mal começou, está mostrando um apoio sistemático ao “não,” que favorece o projeto de Rosário. O SIM, que se refere ao apoio dos direitos dos pais, está perdendo. Até agora, os resultados parciais da enquete estão contra a vontade da maioria das famílias brasileiras.
Quando examinei minuto a minuto a enquete, vi que os resultados favoráveis a Rosário subiam de forma quase que mecânica. Procurei um especialista de ciências da computação e ele me informou que há uma brecha na enquete que provavelmente está sendo usada para subir os números do “não” aos direitos dos pais.
O especialista disse que verificou e o que pode estar ocorrendo é que um grupo de ativistas pode estar limpando os cookies do navegador. Os ativistas mais experientes usam o navegador Firefox. A explicação dele:
Com o Firefox, eles fazem o download do complemento “Web developer” em https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/web-developer/
Depois de instalá-lo, eles reiniciam o navegador. Aí, aparece uma barra abaixo do local onde se digita o endereço do site.
Então, eles estão prontos para votar. Eles votam na enquete e em seguida clicam em “Cookies -> Delete Domain Cookies.”
Eles votam quantas vezes quiserem.
Com um pequeno grupo de ativistas, eles podem fazer parecer que grande parte da população aprova as intenções de Maria do Rosário, fazendo subir os números da enquete do “não” aos direitos dos pais.
Anos atrás, vi o mesmo problema ocorrer em enquete do Senado. Houve denúncias, mas o Congresso não reagiu enquanto os números da enquete subiam favoravelmente aos interesses do governo do PT, ainda que fosse uma subida mecânica. Mas quando, indignados com a inação diante da manobra, um grupo de ativistas pró-família usou o mesmo recurso, aí houve ação imediata, com a suspensão da enquete.
O mais decente é denunciar as brechas dessa enquete e telefonar para o 0800 619 619 e dizer que somos contrários às intenções de Maria do Rosário e seus camaradas petistas de criminalizarem os pais do Brasil que aplicam disciplina física nos filhos. Muitos desses pais o fazem em obediência a sólidos princípios bíblicos, que dizem:
“Aquele que poupa sua vara [de disciplina] odeia seu filho, mas aquele que o ama o disciplina com diligência e o castiga desde cedo”. (Provérbios 13:24 Bíblia Ampliada)
“Os castigos curam a maldade da gente e melhoram o nosso caráter.” (Provérbios 20:30 NTLH)
“Não evite disciplinar a criança; se você bater nela e castigá-la com a vara [fina], ela não morrerá. Você a surrará com a vara e livrará a alma dela do Sheol (Hades, o lugar dos mortos)”. (Provérbios 23:13-14 Bíblia Ampliada)
“A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe”. (Provérbios 29:15 RA)
Se a lei de Maria do Rosário prevalecer, os pais serão oficialmente tratados como criminosos se obedecerem à Palavra de Deus de proteger, por meio da vara, seus filhos de maus comportamentos. Mas se obedecerem à feminista do PT, poderão acabar ganhando o direito de matar bebês em gestação por meio do aborto.
 
 

Ataque à Síria será ignitor da 3ª Guerra _





Qualquer ataque à Síria = a 3ª Guerra : Adverte analista dos  EUA - Planeta Terra está sendo governado por psicopatas
http://previous.presstv.ir/photo/20130713/crabbe20130713143832160.jpgSegundo o ex- marine dos EUA e atual analista militar dos EUA  Ken O'Keefe no vídeo abaixo,  adverte que qualquer tipo de ataque à Síria, mesmo só de pensar em um ataque contra a Síria, irá desencadear  a 3 ª Guerra Mundial . Mr. O'Keefe nos informa numa  entrevista que a Rússia está preparada para transformar o próximo ataque exterior contra a Síria no "fim de jogo" ... um "jogo final", que poderá muito bem significar o fim para quase todos nós  e deverá ser nuclear. Adivinha quem está puxando as cordas para a 3ª Guerra e 'devastação nuclear? De acordo com o Sr. O'Keefe, este mundo está literalmente sendo executado por "psicopatas", algo que  leitores já sabem há muito, muito tempo ...
Ken O'Keefe, um ex-Marinheiro dos EUA, disse à Press TV no ​​sábado que a Rússia não poderia ficar indiferente a um potencial ataque militar contra a Síria.
"A Rússia tem feito [ela] muito, muito claro que eles não iriam sentar e permitir que outro país venha a  ser bombardeado e efetivamente violado e pilhado em termos com desenhos dos impérios. Ela não vai permitir que isso aconteça ", disse O'Keefe.
Ele disse que uma terceira guerra mundial é possível ou "nem mesmo pensar [sobre] ... intervenção militar, seja ela qual for, se ela está usando algumas armas de alta tecnologia, secretamente armas e outros enfeites, a linha inferior é que estão  tentando a terceira guerra mundial ", acrescentou.
"Há governos e os jogadores de fora que acreditam que todos os meios são adequados [para serem usados] para derrubar o regime sírio", disse Lavrov.
O'Keefe acrescentou: "No final do dia, essas pessoas que estão no poder, os banksters em particular, são esses que puxarão as cordas para a Terceira Guerra Mundial", disse o ex-fuzileiro naval.    

 http://horizontenews.blogspot.com.br

















O Que é Batalha Espiritual - 1 Pedro 5.8-10



Estudar como agem os neopentecostais com relação à expulsão de demônios nos leva a fazer perguntas determinantes sobre a nossa visão de Deus, da igreja e de nós, como crentes.

O diabo pode "possuir" um filho de Deus, isto é, entrar em seu corpo e dominá-lo? Qual a diferença entre estar possuído pelo diabo e cometer pecados? Essas e outras questões serão respondidas nesta lição.

1 - O MÉTODO "MME" DA BATALHA ESPIRITUAL

Muitos cristãos contemporâneos atenderam à necessidade fundamental de estabelecer o sentido de batalha espiritual recorrendo aos ministérios de "libertação" ou "batalha" que procuram identificar e expulsar demônios dos crentes. Como deveríamos chamar esse movimento?

"Libertação de dominação demoníaca" é razoavelmente preciso porque a característica que distingue todos esses ministérios é o seu objetivo de libertar os cristãos de espíritos malignos.

Mas a "libertação de dominação demoníaca" não é suficientemente específica, uma vez que, quando Jesus libertou pessoas do demônio, ele, na verdade, fez algo bem diferente do que os ministérios de libertação atualmente fazem.

O que dizer de "exorcismo"? Poucos praticantes dos ministérios de libertação gostam ou usam esse termo. A raiz grega dessa palavra ocorre em apenas um versículo do Novo Testamento, em Atos 19.13. E, mesmo assim, ela não descreve um ministério cristão, mas a prática judaica de artes mágicas que sofreu uma derrota humilhante. O exorcismo também é associado à ideia de "possessão demoníaca".

Os ministérios de libertação de dominação demoníaca não utilizam essa expressão, porque afirmam que os cristãos não podem ser "possuídos" pelo demônio, visto que pertencem a Deus. Mas diriam que os cristãos podem estar "endemoninhados".

Esses ministérios normalmente descrevem a si mesmos usando palavras como libertação, batalha ou batalha espiritual. Mas todos os cristãos que creem na Bíblia acreditam em libertação, batalha e batalha espiritual e muitos discordam dos diferentes ministérios de "libertação".

Esses ministérios defendem uma versão particular de batalha espiritual que tem sido difundida nos últimos anos. Se a versão deles está correta ou não, é o que faremos ao revisar o conceito de batalha espiritual.

O movimento de libertação de dominação demoníaca pode ser definido como: "Ministério do Método Ecbalístico (expulsar; lançar para fora)". A partir deste ponto, usaremos a sigla para nos referirmos a este ministério.

Nos evangelhos, quando alguém estava possuído de espíritos imundos, Jesus teve misericórdia e os expulsou. A prática de expulsar espíritos mostra a característica mais distintiva dos atuais ministérios de libertação ou MME.

Seus adeptos dizem que cristãos e não cristãos geralmente necessitam de um "confronto ecbalístico" para expulsar demônios existentes que nos prendem pela luxúria, ira, baixa autoestima, dependência de drogas, fascínio pelo ocultismo, descrença e outras condutas pecaminosas.

A expressão MME foca o método de ministério, sugerindo uma forma particular de atividade pastoral: expulsão de demônios. O evangelismo MME, por exemplo, procura expulsar demônios de pessoas e lugares para que indivíduos e grupos possam chegar a Cristo, fato que antes seria impedido.

A santificação desse ministério procura desfazer redutos demoníacos dentro dos cristãos; "quando o diabo sai, o cristão cresce". A santificação do MME pode ser exercitada em outras pessoas por meio do discipulado e aconselhamento. Os cristãos podem exercitá-la em si próprios depois de aprender métodos de contínua autolibertação.

O MME atual está obviamente baseado na suposição principal de que os demônios do pecado residem dentro do coração do homem. De acordo com os defensores do MME, as pessoas sofrem um "endemoninhamento" moral. Por exemplo, quando damos guarida aos demônios e deixamos que controlem a ira, a imoralidade, o medo, a autopreocupação, a obstinação e a autorrecriminação, eles fazem morada e, sem maiores ou menores proporções, se apoderam das funções do coração humano.



 http://www.estudosgospel.com.br

A Quebra de Maldições é Bíblica?




Uma das tendências do movimento de 'Batalha Espiritual' é adicionar à obra de Cristo uma complementação feita por peritos em maldições. É ensinada claramente a necessidade de se quebrar as maldições hereditárias e de se anular compromissos que ficaram pendentes com o diabo, mesmo após a pessoa ter sido convertida a Cristo. Ensina-se que herdamos as maldições que acompanharam nossos antepassados, por causa de seus pecados e pactos demoníacos, e que precisamos anulá-las.
Êxodo 20 e Ezequiel 18


A Escritura nos diz igualmente que se um filho de pai idólatra e adúltero vir as obras más de seu pai, temer a Deus e andar em seus caminhos, nada do que o pai fez virá a cair sobre ele. A conversão e o arrependimento individuais "quebram", na existência das pessoas, a "maldição hereditária" (um efeito somente possível por causa da obra de Cristo). Este foi o ponto enfatizado pelo profeta Ezequiel em sua pregação ao povo de Israel da época (leia cuidadosamente Ezequiel 18). A nação de Israel havia sido levada em cativeiro para a Babilônia, e os judeus cativos se queixavam de Deus dizendo "Os pais comeram uvas verdes e os dentes dos filhos é que se embotaram...” (Ez 18.2b) - ou seja, "nossos pais pecaram, e nós é que sofremos as conseqüências". Eles estavam transferindo para seus pais a responsabilidade pelo castigo divino que lhes sobreveio, que foi o desterro para a terra dos caldeus. Achavam que era injusto que estivessem pagando pelo pecado de idolatria dos seus pais. Usavam um provérbio da época, que nos nossos dias seria mais ou menos assim: "Nossos pais comeram a feijoada, mas nós é que tivemos a dor de barriga...”.

Através do profeta Ezequiel, Deus os repreendeu, afirmando que a responsabilidade moral é pessoal e individual diante dele: "A alma que pecar, essa morrerá; o filho não levará a iniqüidade do pai... " (Ez 18.4b, 20). E que pela conversão e por uma vida reta, o indivíduo está livre da "maldição" dos pecados de seus antepassados (ver 18.14-19). Esta passagem é muito importante, pois nos mostra de que maneira o próprio Deus interpreta (através de Ezequiel) o significado de Êxodo 20.5. Ou seja, o segundo mandamento prevê a visitação do juízo divino sobre os descendentes de homens ímpios, descendentes estes que aborrecem a Deus como seus pais. Várias passagens no próprio Pentateuco deixam claro que a retribuição divina sobre os filhos dos que aborrecem a Deus é descontinuada a partir do momento em que estes filhos se arrependem de seus próprios pecados, e os confessam a Deus, confessando igualmente os pecados de seus pais, como Levítico 26.39-42.

Encontramos a mesma idéia em Nm. 14.13-34. Nesta passagem vemos claramente como a misericórdia e a longanimidade de Deus atuam em conjunto com sua justa ira contra os rebeldes e pecadores. Após a revolta do povo de Israel contra Deus, inflamados pelo relato desanimador dos dez espias incrédulos, o Senhor Deus condenou aquela geração incrédula a perecer no deserto. Seus filhos haveriam de levar sobre si as infidelidades de seus pais, até que estes morressem (v.33), após o que, os filhos entrariam na terra (v. 31). Aplicando aos nossos dias, fica evidente que o crente verdadeiro já rompeu com seu passado e com as implicações espirituais dos pecados dos seus antepassados, quando, arrependido, veio a Cristo em fé.





| Autor: Rev. Augustus Nicodemus Lopes | Divulgação: estudosgospel.Com.BR |
 

Ex-terrorista palestino que se converteu ao Evangelho conta testemunho de transformação




Um antigo terrorista palestino, ex-membro da Fatah (facção muçulmana que prega a “resistência armada” contra Israel), converteu-se ao Evangelho e vem contando seu testemunho aos conterrâneos, buscando semear a palavra de Deus.
Tass Saada havia se juntado à Fatah na mesma época em que Yasser Arafat, falecido presidente da Autoridade Palestina, despontava como grande líder político do povo palestino.
Treinado como guerrilheiro, Saada era conhecido como “açougueiro”, por ser o franco atirador das unidades de elite da Fatah. O ex-terrorista afirma que o ódio que sentia pelos judeus era proporcional à sua admiração por Arafat.
Tempos depois, Saada se mudou para os Estados Unidos, arrumou emprego e casou-se com uma norte-americana. Mas, mesmo com a vida que levava, não se sentia em paz, e um amigo da família falou a ele sobre Jesus.
“Ele colocou uma Bíblia no meio de nós dois e eu me assustei e me afastei da Bíblia. Ele disse, ‘Porque você se afastou assim?’ Eu respondi: ‘não posso tocar nisso’. Ele disse que era apenas um pedaço de papel, e eu retruquei: ‘Não, tem escrito o nome de Deus e suas palavras’. Foi quando ele me disse: ‘Então, você crê que esta é a Palavra de Deus?’. Eu respondi que sim. Não sei porque eu disse sim, pois os muçulmanos não acreditam que a Bíblia seja válida como palavra de Deus…”, contou Saada.
O ex-terrorista diz que a conversa foi tão intensa, que perdeu a consciência por um instante. “ “A próxima coisa de que me lembro é estar de joelhos e com minhas mãos levantadas, convidando Jesus”, testemunhou Saada.
Entretanto, a história de transformação tinha apenas começado, segundo ele. “Esse amigo disse que para ter a paz que ele tinha, eu teria que amar os judeus. Fiquei frio. Ele sabia o quanto eu odiava os judeus”, relembra, antes de dizer que aos poucos, deixou o ódio de lado e começou a olhar para Israel de outra maneira.
No livro “Once An Arafat Man” (“Um Antigo Homem de Arafat”, em tradução livre), Saada conta seu testemunho, e fala sobre sua nova visão a respeito do conflito entre judeus e palestinos.
“Não acredito na solução de dois estados porque acredito que essa terra pertence aos judeus. Não pertence a nós. Mas por outro lado, acredito que temos o direito de viver nessa terra”, afirmou.
Agora, o ex-terrorista atua num projeto social fundado por ele, chamado “Seeds of Hope” (Sementes da Esperança), ajudando conterrâneos na Cisjordânia e na faixa de Gaza, e diz que muitos adeptos do islã estão se convertendo ao cristianismo: “Milhões de muçulmanos em todo o mundo, especialmente na Arábia Saudita, em Qatar, em todas as 12 nações de Ismael, há muitas conversões”, revelou.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Criando uma atmosfera de santidade em nossa família Por Calebe Aires




Com tanto entretenimento e distração em nossa moderna vida, criar uma atmosfera cristã dentro de nossas casas passa a ser uma tarefa mais difícil do que a que tinha nossos pais. A TV, o computador, os jogos e as opções que nos ocupamos tem sido grandes concorrentes da comunhão prazerosa com a Palavra de Vida, seus princípios, direção e intimidade com Deus.
Não que estas coisas por si só nos separam de Deus: ao contrário, devemos fazer destas coisas um motivo para render graças aquele que é criador de todas as coisas. Como expliquei no texto sobre nossa vida fragmentada e sem Deus e como nos exorta Paulo em Corintios 10.31 (Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus)todas as coisas que nos circundam devem ser motivo de louvor, adoração de gratificação ao nosso criador.
Dado isso, partimos para a responsabilidade de você chefe de família que sustenta a casa com toda sorte de provisão financeira. Mova-se para definir os limites em sua casa a fim de criar um ambiente propício à presença de Deus. Todo pai deve ser zeloso com o seu lar e propiciar Jesus Cristo através de um ambiente saudável. Maior é sua responsabilidade entre todos os membros da casa visto ser você, chefe do lar, a cabeça, assim como Cristo o é da igreja.
Conheço pais que se os perguntasse qual a última vez que houve uma pausa da TV, jogos e entretenimento para um “culto em família” não saberiam responder ou não se lembrariam de uma data de comunhão familiar.
Para você, querida mamãe: traga a presença de Deus para seus filhos. Conte histórias dos heróis da Bíblia. Apresente aqueles homens comuns que embora cheio de erros, dificuldades e pecados se moveram para adorar, obedecer e seguir ao Deus único. Seja uma coluna em sua casa. Levante orando e declarando sobre a vida de seus filhos palavras proféticas e intercessórias para que eles consigam através de Cristo enfrentar os perigos do pecado (em qualquer lugar que estiverem: hoje e amanhã!).
Hoje ouço diversas pais dizerem que seus filhos são rebeldes. Entre tantos significados para esse motivo, um deles é que quando meninos, estas crianças não vivificaram uma atmosfera de santidade dentro de suas casas. Existe um padrão de comportamento quando somos crianças: a de que nossos pais são exemplos e os imitamos. Lembro bem de ver meu pai como herói e foi dele que aprendi a temer a Deus. Quando crianças sempre olhamos para nossos pais como referência para tudo que fazemos e seremos. Enquanto pais, devemos ser a expressão exata de Deus para nossos filhos a fim de que eles aprendam de nós o amor, a justiça, a misericórdia e a santidade daquele que nos deu o chamado para sermos uma família em Cristo Jesus.
Muitos possuem chamados para os mais diversos ministérios do Senhor, mas ser zeloso em Deus para com nossa família, criar uma atmosfera de santidade e gerar flechas do senhor é entre os chamados, uma excelente oportunidade para cumprir a vontade dEle em nós!
* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.



Autor

Calebe Aires

Calebe Aires

Casado, 31 anos, bacharelando em Teologia pela FASES, bacharel em Direito pela Universidade Federal de Uberlandia, líder de jovens na Shalom Comunidade Cristã em Uberlândia, Minas Gerais - Contato: calebeaires [arroba] gmail.com

THE VERSATILE BLOGGER AWARD NOMINATIONS




Olha que graça esse selo gente, foi dado carinhosamente pela Giovana  do blog :     http://www.giovanaporgiovana.com.br/


Mas afinal pra que serve um selo no blog? Pra que você leitora possa também ter acesso aos blogs que a gente lê, acompanha e com certeza recomenda, eles também ajudam na divulgação dos novos blogs e por isso tem como regra um número máximo de seguidores...



Mas chega de papo e vamos ao que interessa:

Eu ganhei o selo e pra validar preciso: -Agradecer a pessoa que te deu o selinho e colocar o link dela (Lá em Cima)
Escolher 15 blogs  com menos de 200 seguidores :

Estes são os blogs que eu escolhi para agraciar com este belo selo, com todo o carinho e respeito e só entrar no meu blog e pegar. Faça como me ensinaram .Obrigada e Sucesso  


1) http://incondicionalamordeus.blogspot.com.br
2) http://www.crtfoco.blogspot.com.br

3) http://vidaegloria.blogspot.com.br/

4) http://joabsonjoao.blogspot.com.br/



5)  http://diariodaprincesadescolada.blogspot.com.br/

6) http://milacotta.blogspot.com.br/

7) http://www.garotasquandoousam.com


8) http://diariodaprincesadescolada.blogspot.com.br

9) http://enfermageandotc21.blogspot.com.br

10) http://fasefeminina.blogspot.com.br

11)  http://geneciano.blogspot.com.br/

12)  http://bloggermundomagico.blogspot.com.br/

13) http://historiascomtiaso.blogspot.com.br

14)   http://nossomundinhoperfeitoo.blogspot.com.br

15) http://sucessoaarte.blogspot.com.br/



Gostaria de dizer aos amigos que levei uma coça ( surra rsrsrsrs)  para selecionar os blogs, é minha primeira vez. 
Fiz do jeito que me ensinaram.
Paz .
Célia Goulart serva do Senhor Jesus Cristo.
 



Pastor usa vídeo para negar que o papa Francisco tenha entrado num templo da Assembleia de Deus no Rio; Assista





A notícia de que o papa Francisco teria cumprimentado e orado um Pai Nosso com fiéis da Assembleia de Deus no Complexo de Varginha, zona norte do Rio de Janeiro, vem sendo contestada por algumas pessoas.
À época da visita de Francisco ao Rio de Janeiro para a Jornada Mundial da Juventude, toda a imprensa noticiou que o pontífice católico parou em frente a um templo da Assembleia de Deus de Bonsucesso, cumprimentou os presentes e fez com eles, a oração ensinada por Jesus.
Veículos de imprensa reproduziram, inclusive, declarações dos responsáveis pelo templo e de um representante da comitiva papal, destacando os gestos de humildade e simpatia do papa.
Porém, o pastor Israel de Araujo, integrante do Centro de Estudos do Movimento Pentecostal (Cemp), publicou um vídeo em seu blog em que Francisco ora o Pai Nosso com fiéis na rua, e não mostra o papa entrando no templo da congregação assembleiana.
“Procurei obter um registro em vídeo do episódio ocorrido com o papa quando ele visitou a comunidade de Manguinhos no Complexo de Varginha, zona norte do Rio de Janeiro, no dia 25 de julho de 2013 [...] O dirigente da congregação é o presbítero Eliel Magalhães e o vice-dirigente é o presbítero Elenilson Ribeiro. Eduardo Araujo, que também pertence à AD de Bonsucesso, conseguiu para mim, um vídeo do acontecimento e também o contato do presbítero Eliel com quem fiz uma entrevista por telefone”, afirma Araujo.
Segundo Araujo, “as imagens foram gravadas por um membro da congregação chamado Leonardo, usando o celular da esposa do presbítero Eliel”. No texto, Israel de Araujo não reproduz nenhuma declaração das pessoas citadas negando a visita de Francisco, mas pede para que o vídeo seja assistido e comparado com o que foi noticiado pela imprensa na ocasião, como forma de comprovar se Francisco esteve ou não com fiéis da Assembleia de Deus:


Trio adolescente faz turnê de exorcismos ao lado de pastor e diz que “demônios são sexualmente transmissíveis”





Um trio de adolescentes vem se tornando conhecido nos Estados Unidos por suas sessões de exorcismo ao lado do televangelista Bob Larson.
As meninas do Teenage Exorcists (“Exorcistas adolescentes”, em tradução livre) percorrem o país numa espécie de turnê, visitando igrejas lotadas para “curar” pessoas possuídas por demônios, que segundo elas, entrariam nos corpos das pessoas depois que estas abrem uma brecha “legal” para eles.
“Ele [o demônio] tem que ter o direito ‘legal’ para fazer isso”, disse Brynne, uma das integrantes do grupo e filha do reverendo Bob Larson. Isso segundo ela, acontece quando a pessoa sai debaixo do “guarda-chuva de proteção de Deus”, que seria cometer pecados, como por exemplo, usar drogas, fazer sexo, fazer sexo com prostitutas ou até mesmo, ser abusado sexualmente. “Assim como você pega doenças sexualmente transmissíveis, você pode pegar demônios sexualmente transmissíveis”, teoriza a adolescente.
Tess, outra integrante do trio, diz que elas passam por um treinamento diário com o reverendo que as acompanha por todo o país, e diz uma das referências para identificar uma possessão demoníaca: “As pupilas dilatam esporadicamente. Você olha nos olhos da pessoa, e depois do treinamento, você consegue ver o mal”, afirmou.
Muitos líderes cristãos apontam as jovens Brynne, Tess e Savannah como uma fraude, segundo informações do portal IG. As exorcistas adolescentes se tornaram alvo de críticas depois que passaram a aparecer em programas de TV e revistas de celebridades, e pela forma eloquente como se portam em frente às câmeras, sempre com frases prontas.
Para contar sua jornada de exorcismo, as garotas estão em busca de uma emissora de TV que aceite produzir um reality show sobre elas e as sessões de “curas” de demônios que protagonizam.
Assista a uma sessão de exorcismo do trio:

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.