Pastor Marco Feliciano responde aos ataques de Jean Wyllys e diz que o ativista gay é um “sub-intelectual covarde”


Os ataques feitos ao pastor Marco Feliciano (PSC-SP) por parte do deputado federal Jean Wyllys no Twitter não ficaram sem resposta. Nesta quinta-feira, 21 de novembro, o presidente da CDHM respondeu aos comentários do ativista gay e ex-BBB.
Feliciano, que já havia dito que não se importava com as críticas que seriam feitas a ele por conta da aprovação de dois projetos de lei que revisam as questões em torno do casamento gay, usou sua conta no Twitter para classificar seu colega parlamentar de “covarde”.Na quarta-feira, 20/11, Wyllys afirmou que Feliciano era ”vendilhão” e “incompetente”, e que a CDHM era uma comissão “deslegitimada” desde que o pastor havia sido eleito para presidi-la.A resposta de Feliciano veio à altura, num tom bastante áspero: “Andei lendo algo sobre o que disse um deputado por aí e a conclusão é: ele é um covarde. Abandonou a CDHM porque não aguenta 5 minutos de debate. Se representasse a sua classe de verdade, estaria na CDHM pra marcar posição, defender, argumentar, mas esse sub-intelectual é covarde! Também os partidos que abandonaram a CDHM fugiram do debate. Dizem defender essas classes, mas não moveram uma palha sequer para obstruir a votação”, escreveu, referindo-se aos projetos aprovados contra o casamento gay.
2) Se representasse a sua classe de verdade, estaria na CDHM pra marcar posição, defender, argumentar, mas esse sub-intelectual é covarde!

Nigéria é o país onde mais cristãos são assassinados por causa da fé




Um painel de especialistas analisa a situação do norte da Nigéria, onde 1.200 pessoas poderiam ter sido mortas por uma perseguição às suas crenças no último ano.
nigéria-cristãos-assassinados-féSegundo a especialista An Buwalda, diretor da organização dos direitos humanos Jibilee Campaign, os cristão que morreu por sua fé na Nigéria no ano passado superam em numero total de outros países.
“Temos documentado cerca de 1.200 cristãos nigerianos do norte da Nigéria que foram assassinados, alguns pelo grupo terrorita Bok Haram, outros por pastores Fulani. Estes dois tipos de ataques são persistentes me vários estados ao norte da Nigéria”, disse Buwalda.
Segundo a especialista, esses números coincidem com os números da organização Portas Abertas, que disse que cerca de 60% dos cristãos assassinados no mundo por sua fé morreram na Nigéria.
Buwalda fez estas declarações no contexto de um evento realizado pelo Centro do Instituto Hudson para a Liberdade Religiosa em Washington, em que se tratava da perseguição sobre os cristãos ao norte da Nigéria, especialmente realizados por parte dos grupos islâmicos como Boko Haram.
Também participaram do painel Emmanuel Ogebe, advogado internacional dos direitos humanos, e Adamu Habila, um cristão nigeriano que sobreviveu a um massacre cometido por militantes do Boko Haram.
HABILA: “Deus salvou minha vida”
Em seu discurso, Habila contou sua experiência, quando um grupo de militantes chegou em seu bairro disposto a  massacrar a comunidade cristã. “Um dos militantes“, contou Habila, “perguntou se eu iria me converter ao Islã. Quando neguei, dispararam em minha cabeça a queima-roupa e deixado para morrer“.
Dou graças a Deus Todo poderoso, por manter-me com vida até agora. Eu sei que se não fosse por Deus, seria um homem morto“, disse Habila. “Mas por causa de sua graça, continuo vivo, a fim de dar testemunho da bondade e da obra de Deus em minha vida“.
Avanços na luta contra o extremismo
Na quarta-feira, o Departamento de Estado dos EUA, designou oficialmente Boko Haram e um grupo similar chamado Ansaru como organizações terroristas estrangeiros. (leia aqui).
Para o advogado Ogebe, que participou do painel, a designação é um passo acertado mesmo que tardio: “Temos perdido um monte de horas para chegar a este ponto“, disse Ogebe. Trata-se de “os primeiros doze passos” a serem tomadas para tornar o processo significativo.
O advogado agora colocou seu esforço em conseguir que a USAID investigue a violência na Nigéria com base no extremismo religioso ao invés de fatores econômicos. “A USAID tem um projeto que explora o extremismo e a Nigéria não é um dos países que foram designados para esta pesquisa“, lamentou Ogebe.
Desde maio, alguns dos estados do norte da Nigéria, vivem em um estado de emergência, devido a uma forte presença militarizada que tem limitado o transporte e as comunicações, o que dificulta os trabalho das ONGs e organizações internacionais. Os membros do painel admitiram que é “difícil” para ter dados constatados sobre o que pode estar acontecendo com muitos cristãos nesta área de conflito.

“Calma filho, Eu cheguei” – Pr. Samuel Ferreira



“Calma Filho, eu cheguei”, é o tema da mensagem ministrada pelo Rev. Samuel Ferreira, baseado no livro de Jeremias 20:18.
Essa é uma mensagem envolvente, onde todos aqueles que estão passando por alguma situação difícil se alegrará e reanimará após assisti-la.


Programa Palavra de Vida – AD Brás Tema: “Calma filho, Eu cheguei”
Exibição na TV: 09/11/2013

SENSIBILIDADE.: Os comentários às matérias e artigos aqui publicad...

SENSIBILIDADE.: Os comentários às matérias e artigos aqui publicad...: “Preferimos o risco e a dignidade da luta”, afirmaram o ex-ministro José  Dirceu , o deputado federal José Genoino (PT-SP) e o ex-tesourei...

Aposentado é preso por distribuir folhetos evangelísticos em shopping center


A prática do evangelismo é tida como primordial no cristianismo, uma vez que é o cumprimento do “Ide”, ordenado por Jesus Cristo antes de sua ascensão aos céus. No entanto, evangelizar tem se tornado cada vez mais arriscado, mesmo em países conhecidos pela liberdade religiosa, como os Estados Unidos.
Um policial aposentado foi preso na cidade de EatonTown, no estado norte-americano de Nova Jersey, por evangelizar frequentadores de um shopping Center.
Como distribuía folhetos às pessoas que aceitavam conversar com ele, David Wells foi detido pelos seguranças do estabelecimento sob a alegação de que, sendo uma empresa privada, o shopping não poderia permitir o evangelismo em suas dependências.
“Eu simplesmente me aproximava das pessoas e lhes perguntava se eu poderia fazer-lhes uma pergunta. Se elas dissessem que não, eu as deixava em paz. Se elas dissessem que sim, eu simplesmente perguntava: ‘Você vai para o céu?’ O como eu respondia dependia de como elas respondiam à minha pergunta”, explicou David.
De acordo com o Chistian News, o aposentado tinha ciência de que não há proibição legal para o evangelismo em shoppings, e por isso tentou argumentar com os seguranças, que não aceitaram a argumentação de David e chamaram a polícia, que efetuou a prisão.
O caso se tornou manchete na mídia local e chocou a muitas pessoas, que lançaram uma petição usando o policial aposentado como símbolo e exigindo a liberdade de expressão em locais semi-públicos (shoppings), como previsto na legislação do estado. David Wells será levado a julgamento no próximo dia 05 de dezembro.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Estátua alusiva a Jesus Cristo resiste ao tufão Haiyan e se torna símbolo de esperança nas Filipinas; Missionários testemunham livramentos


A passagem do tufão Haiyan pelas Filipinas causou destruições catastróficas a diversas cidades do país e deixou aproximadamente 5 mil mortos. Ainda há temor de que o número de vítimas fatais chegue a 10 mil, segundo a Organização das Nações Unidas.
Edificações e infraestruturas urbanas foram completamente comprometidas em muitos lugares, dificultando as ações de resgate e assistência humanitária. No entanto, uma escultura alusiva a Jesus Cristo, muito semelhante ao Cristo Redentor, do Rio de Janeiro, resistiu à força do Haiyan e manteve-se intacta, atraindo a atenção da mídia internacional.
De acordo com o Christian Post, muitos filipinos tem visto a preservação da estátua como uma fonte de inspiração e esperança para enfrentar a calamidade do desastre natural, que atingiu de alguma forma aproximadamente 25 milhões de pessoas.
“Estamos testemunhando a devastação completa de uma cidade. Em Tacloban, tudo está destruído. Corpos como lixo na rua, muitos dos quais são crianças. Pelo que eu vi, dois em cada cinco corpos era o de uma criança”, afirmou Lynette Lim, membro da Save the Children. “As crianças são particularmente vulneráveis ​​em desastres. Tememos por quantas crianças foram lavados em inundações, esmagadas sob prédios que caíram e feridos por estilhaços. Muitas estão separadas de suas famílias em meio à devastação, e todos estão precisando desesperadamente de comida, água e abrigo”, acrescentou a voluntária em entrevista à Agência France Press.
Missionários no país também relataram seus testemunhos de sobrevivência ao violento tufão. A brasileira Lídia Caetano de Souza, de 63 anos, enviada pela Assembleia de Deus, contou à BBC que escapou da morte por muito pouco.
A casa em que vivia desabou parcialmente após ser invadida pela enchente, que chegou a sete metros de altura: “Quando a água começou a subir, escapamos pelo buraco do ar condicionado. Amarramos cortinas e lençóis para improvisar uma corda e com ela atravessamos a correnteza do quintal até a construção vizinha, que era de dois andares. Conseguimos ajudar quatro pessoas a atravessar, mas uma delas se afogou e acabou morrendo. Ficamos abrigados lá no alto até a água baixar”, testemunhou.
Um casal de missionários norte-americanos que sobreviveu ao tufão disse que a experiência foi semelhante à situação que passaram na ocasião do furacão Katrina, que assolou os Estados Unidos anos atrás.
“Os ventos foram mais fortes do que o Katrina. No norte da nossa ilha aqui, há muita destruição e danos, e a ilha está quase em colapso total”, afirmaram Doug e Diane Lee, que vivem em Negros, e trabalham com música e lecionam inglês numa escola bíblica da ilha, além de oferecerem suporte a mais de 80 igrejas no país.
Ajuda
Os sobreviventes à tragédia têm necessidade de água potável, alimentos, material sanitário e medicamentos. Instituições internacionais estimam que o valor necessário para a ajuda humanitária emergencial seja de US$ 301 milhões. A reconstrução do país deverá custar bilhões de dólares e levar anos.
Diversas ONGs estão se mobilizando para prestar assistência aos filipinos, e recrutando voluntários que, mesmo sem experiência, tenham disposição para trabalhar.
É possível ajudar voluntariando-se ou mesmo através de doações em dinheiro para as entidades que estão engajadas na situação, como a organização Médico Sem Fronteiras, que está enviando 200 toneladas de medicamentos para o país. Para saber como colaborar, acesse este link.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Salão Internacional Gospel fará exposição com nomes engraçados de igrejas evangélicas; Veja lista


O crescimento numérico dos evangélicos no Brasil e a expansão das denominações de linha pentecostal proporcionam o surgimento de pequenas igrejas com nomes curiosos, que vez ou outra, se tornam alvo de piada nas redes sociais.
Agora, o próprio meio evangélico voltou as atenções para esses casos e os nomes curiosos de igrejas serão tema de uma exposição do Salão Internacional Gospel em setembro de 2014.
Os curadores da exposição “Sabe o nome da igreja?” são o fotógrafo Adilson Santos e a jornalista e cineasta Luciana Mazza. A dupla realizou uma ampla pesquisa, juntando nomes atípicos de registro em igrejas Brasil afora.
“A ideia é fazer uma homenagem com respeito e bom humor a expansão dos evangélicos, das igrejas e de seus pastores. Lembrar que é importante congregar, que é fundamental frequentar a casa do Pai celestial, independente do nome que tenha”, justifica a dupla.
Os nomes, sejam eles inusitados ou apenas engraçados, servem como referência para entender o público a que a denominação é voltada, como por exemplo, as igrejas Caverna do Rock e Caverna de Adulão.
Piada
Os nomes engraçados de igrejas há tempos são motivo de piadas na internet, que é palco da proliferação de “correntes” de e-mails e imagens em redes sociais com extensas listas de denominações com títulos inusitados. Veja alguns:
Assembléia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão
Comunidade do Coração Reciclado
Congregação Anti-blasfêmias
Igreja Automotiva do Fogo Sagrado
Igreja Aceita a Jesus
Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta
Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém
Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
Igreja Evangélica Jesus Foi Ali e Já Volta
Igreja Evangélica Jesus é Lindo e Cheiroso
Igreja Palma da Mão de Cristo
Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
Igreja Filho do Varão
Igreja Sinais e Prodígios
Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
Igreja Evangélica Muçulmana Javé é Pai
Igreja Abre-te Sésamo
Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos
Igreja Pentecostal Marilyn Monroe
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

“A teologia da prosperidade está machucando a África”, diz missionário no continente, que lamenta distorções no Evangelho



A teologia da prosperidade está ferindo a África. Essa é a constatação do missionário J. Lee Grady, que trabalha no continente através da organização The Mordecai Project.Grady é ex-editor do portal cristão de notícias Charisma News e vem se dedicando ao trabalho missionário na África há alguns anos. Em seu artigo, ele afirma que a teologia da prosperidade é “uma das maiores ameaças à fé no continente”.“Eu sei que a origem desta mensagem é pregada nos Estados Unidos, e eu sei que nós somos os únicos que a exportaram para o exterior. Não estou minimizando os danos que a pregação da prosperidade tem feito em meu próprio país. Mas eu testemunhei como alguns cristãos africanos estão tomando esta mensagem com foco no dinheiro”, disse o missionário, demonstrando preocupação com os extremos.De acordo com o artigo escrito por J. Lee Grady, a teologia da prosperidade na África mistura o cristianismo com o ocultismo: “Um pastor enterrou um animal vivo sob o piso de sua igreja para ganhar o favor de Deus. Outro pediu a seus fiéis para trazer garrafas de areia para a igreja para que ele pudesse ungi-las, então ele disse às pessoas para polvilhar a areia em suas casas para trazer bênçãos. As pessoas que seguem esses charlatões são lembrados de que a sua colheita prometida não se concretizará, a menos que eles façam grandes doações”, relatou.O evangelho pregado a partir da teologia da prosperidade “alimenta a ganância”, diz Grady, que complementa: “Qualquer pessoa que conhece a Cristo vai aprender a alegria de dar aos outros. Mas o evangelho da prosperidade ensina as pessoas a se concentrar em obter, não dar. Na sua essência, é uma fé egoísta e materialista, com um fino verniz cristão. Os membros da Igreja são constantemente convidados a semear para colher as recompensas financeiras cada vez maiores. Na África, conferências inteiras são dedicadas à coleta de ofertas, a fim de alcançar a riqueza. Pregadores se gabam sobre o quanto eles pagaram em ternos, sapatos, colares e relógios. Eles dizem a seus seguidores que a espiritualidade é medida pelo fato de que eles têm uma casa grande ou um bilhete de primeira classe. Quando a ganância é pregada no púlpito, se espalha como um câncer na casa de Deus”, lamentou.Outro ponto prejudicial destacado no artigo é o orgulho. Segundo J. Lee Grady, a teologia da prosperidade “deu origem a um estilo deformado da liderança”.
“Eles plantam igrejas não porque eles têm sede de alcançar as almas perdidas, mas porque eles vêem cifrões quando preenchem um auditório com cadeiras. A mensagem egoísta produz líderes oportunistas que precisam de posição, aplausos e muitas vantagens para mantê-los felizes. O pregador da prosperidade mais bem sucedido é o mais perigoso porque ele pode convencer a multidão de que Jesus morreu para dar a você e a mim um carro importado”, criticou o missionário.Uma das essências do cristianismo, a formação de um caráter segundo o caráter de Deus, vem sendo deixada de lado nas igrejas africanas que adotaram a teologia da prosperidade: “[Essa pregação] é uma imitação pobre do evangelho, porque não deixa espaço para a fragilidade, o sofrimento, a humildade ou atraso. Ele oferece um atalho ilegal. Os pregadores da prosperidade prometem resultados imediatos e durante a noite de sucesso , se você não receber o seu avanço, é porque você não deu dinheiro suficiente na oferta. Jesus chama-nos a negarmos a nós mesmos e segui-Lo; A pregação da prosperidade nos chama a negar Jesus e seguir as nossas concupiscências materialistas. Há uma crise de liderança na igreja africana porque muitos pastores estão tão empenhados em ficar ricos, que eles não acompanhar o processo de discipulado, que exige abnegação”.Por fim, Grady conclui com uma estatística lamentável que depõe fortemente contra a teologia da prosperidade. Segundo ele, esse tipo de pregação torna os fiéis ainda mais pobres: “Igrejas têm crescido rapidamente em muitas partes da África de hoje, mas a África Subsaariana é a única região do mundo onde a pobreza aumentou nos últimos 25 anos. Assim, de acordo com as estatísticas, o evangelho da prosperidade não está trazendo prosperidade! É uma mensagem errada, mas acredito que Deus vai usar os líderes africanos quebrantados e abnegados para corrigir isso”.

Paulo Maluf afirma ter certeza de que “quando for prestar contas, Deus vai ficar contente”


O polêmico político paulista Paulo Maluf gravou uma entrevista para o programa Amauri Jr Show, da Rede TV!, onde conversou sobre diversos assuntos com o apresentador enquanto jogavam um jogo de baralho.
Entre uma fala e outra, o ex prefeito de São Paulo se disse cristão e confortável com sua situação com Deus, embora esteja na lista de procurados pela Interpol. “Para os críticos, eu faço um desabafo: Tenho orgulho de ter feito o que fiz, sou cristão, católico e tenho certeza que quando for prestar contas, Deus vai ficar contente”, diz ele para Amauri Jr durante a entrevista.
Católico, o deputado federal também entrega nas mãos de Deus sua reeleição em 2014. “Pretendo me candidatar, se Deus quiser, no ano que vem”, afirma ele que recebeu quase 500 mil votos nas eleições de 2010.
Na entrevista Paulo Maluf também falou sobre sua saúde e temas atuais como a invasão do Instituto Royal por ativistas e a última invasão da reitoria da USP.
amauri-jr-paulo-maluf
Por Renato Cavallera, para o Gospel+

Encontro com Fátima Bernardes mostra vídeo de beijo gay a crianças e gera críticas no meio evangélico; Assista na íntegra


O programa Encontro com Fátima Bernardes apresentou recentemente uma matéria sobre o beijo gay, usando como base um vídeo publicado no YouTube que mostra um pedido de casamento entre dois homossexuais.
A proposta do programa da TV Globo era colher opiniões de pais e crianças sobre a homossexualidade. O vídeo foi mostrado aos pais primeiramente, que em sua maioria, demonstraram compreender a opção sexual do casal, mas discordar do comportamento. Quando exibido às crianças, o vídeo causou sentimento de repulsa, com adjetivos como “nojento” para a cena.
O pastor Rubens Teixeira, colunista deste portal, publicou um artigo reprovando a proposta de mostrar um beijo gay a crianças como parte de uma discussão que é cabida a adultos: “Não quero aqui desferir um ataque direto à emissora, apesar de já sabermos qual seu perfil, valores e entendimento a respeito de diversas questões relacionadas à família e à vida. Entretanto, muito me incomoda que as pessoas tenham tanta liberdade para manipular crianças psicologicamente, sem que haja qualquer entrave”, criticou.
Teixeira cita questões psicológicas e possíveis danos às crianças como pontos a serem analisados: “Uma criança é um ser inteligente em formação. Não está pronta para se expor a determinados temas incompatíveis com a sua idade. Por outro lado, adolescentes, jovens e adultos também não apreciam determinadas coisas ou, se expostos a elas, podem sofrer prejuízos psicológicos também”, ponderou o pastor.
O artigo expõe ainda uma preocupação de Rubens Teixeira com a manipulação midiática da opinião pública: “Esta emissora e outras entidades, de mídia ou não, em suas agendas de ativismo homossexual, não medem esforços para tentar enfiar goela adentro o que eles ‘acham melhor’ para a sociedade. A Globo sabe que detém boa parte da audiência e isso lhe garante que terá boa visibilidade ao colocar algo no ar. Uma programação apresentada naturalmente, sem pauta previamente conhecida pelos telespectadores, deixa-os ‘desarmados’ e tira-lhes a capacidade de análise plena de uma ‘cena’ ou ‘tema’ que lhes sejam apresentados, a menos que este telespectador seja um ‘expert’ na matéria ou tenha posição formada sobre o que está assistindo”, comentou o colunista.
Por fim, Rubens Teixeira pondera sobre uma questão mais ampla que envolve a aproximação da emissora da família Marinho com lideranças evangélicas, e cobra uma postura de correção por parte de tais líderes: “Confesso que me sinto incomodado com cristãos atuantes que ‘surfam nas ondas da Globo’ e deixam suas eloquências e coragens de lado nestas horas, fingindo-se de cegos, surdos e mudos. Este evangelho de conveniência explorado comercial e politicamente não é o Evangelho de Cristo, mas sim um serviço para o adversário das nossas almas, pois estamos rodeados de uma ‘tão grande nuvem de testemunhas’ (Hebreus 12:1) que esperam de nós coerência”.
Leia a íntegra do artigo “Globo faz crianças de ‘escudos humanos’, usando os gays, com o silêncio dos seus parceiros” aqui.
Assista ao vídeo:
Promessas :
Um dia depois de exibir a matéria sobre a homossexualidade, o tema do programa Encontro era a música gospel. A jornalista e apresentadora Fátima Bernardes recebeu os cantores que venceram as principais categorias do Troféu Promessas 2013 na atração.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Pastor comete suicídio enquanto sua congregação o esperava na igreja para o culto


Na última semana um pastor norte americano cometeu suicídio enquanto sua família e outros membros de sua congregação o esperavam para ministrar o culto da manhã de domingo. Teddy Parker Jr., de 42 anos, era pastor da Bibb Mount Zion Baptist Church, em Macon, Geórgia, e foi encontrado por sua esposa, Larrinecia Parker, de 38 anos, na garagem de sua casa.Russell Rowland, um membro da igreja liderada por Parker, revelou ao The Christian Post em uma entrevista por telefone que o pastor havia enviado sua esposa e suas duas filhas para a igreja antes dele na manhã de domingo e todos o estavam esperando para ministrar no culto da manhã. Como ele não apareceu para o culto, várias pessoas saíram para procurá-lo, e sua esposa o encontrou já sem vida na garagem de sua casa, com uma ferida causada por um disparo de arma de fogo auto infligido.Segundo o Canal 13 WMAZ, O suicídio do pastor causou espanto entre os membros de sua igreja, e a maioria deles não quis comentar diretamente sobre o ocorrido.- Consideramos este um assunto privado entre a família e a família da igreja BMZ. Pedimos que o público respeite a nossa privacidade neste momento – afirmou Lakesia Toomer, membro da igreja.- Estou muito surpreso porque não pregava isso. Pregava totalmente contra. É algo que a congregação não entende muito bem. (…) Todo mundo está chocado agora. Acredito que muitas pessoas estão tentando entender por que isso aconteceu. Estamos orando ao Senhor para obtermos orientação sobre isso – disse Rowland.Após a divulgação da morte do pastor, muitas pessoas comentaram o caso afirmando que o suicídio não é uma atitude digna de um cristão, e alguns chegaram a afirma que o pastor iria para o inferno por ter cometido suicídio. Um dos assuntos mais comentados tem sido uma pregação de Parker na qual ele chega a afirmar que às vezes sente como se Deus não estivesse com ele.- Um monte de vezes sentimos que quando estamos passando por coisas e que não há ninguém ali conosco. E Adivinhem? Deus quer que você se sinta desta maneira. Sei que vocês foram salvos há muito tempo. Sei que são super espirituais e são verdadeiros santos, mas há momentos em sua vida, não sei quanto a vocês, mas há momentos em minha vida em que estou passando por algumas coisas e não posso sentir que Deus está lá – afirmou o pastor na pregação.- Tento orar, mas não sinto que Deus está me ouvindo. Procuro servir, mas não me sinto que Deus está me usando. E há momentos em tua vida quando Deus se retira intencionalmente, ele não se retira para deixar-te, mas se retira para que possas crescer e amadurecer – completou o pastor durante a pregação, cujo vídeo tem circulado na internet após seu suicídio.Porém, o pastor E. Dewey Smith Jr., amigo de longa data de Teddy Parker, criticou as pessoas que fazem esse tipo de afirmação, explicando que a noção de que ele vai para o inferno pelo que ele fez é “ridícula” e “anti-bíblica”. Smith afirmou ainda que esse tipo de afirmação é “insensível” com a família e pessoas próximas ao pastor.De acordo com Smith, Parker sofria de transtorno maníaco-depressivo e tinha problemas emocionais, mas que já havia buscado tratamento.- É terrível como podemos culpar as pessoas. É justo culpar a vítima por estar doente? É justo? É justo esperar que as pessoas doentes sejam sempre racionais? É terrivelmente doloroso para mim assistir os especialistas e pessoas que nem sequer conhecem a história atacando e assassinando o caráter de meu amigo. Eu o conheço e sei de seu coração – completou Smith.


Por Dan Martins, para o Gospel+

O diretor da Telexfree, Carlos Costa, afirma que foi “usado por Deus” para fazer o que fez


Na última quinta-feira (14) a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) recebeu o diretor da Telexfree, Carlos Costa, e vários divulgadores da empresa para que o empresário falasse a respeito dos benefícios do empreendimento e sobre a luta judicial travada desde junho de 2013, em que os bens da empresa estão bloqueados. Durante seu discurso, Costa chegou a afirmar que Deus o usou para fazer o que fez com o negócio.Ao defender a Telexfree, Carlos Costa afirmou que o negócio é uma oportunidade de distribuição de renda para várias pessoas e que esse é o único apoio necessário para a luta continuar.O empresário ressaltou em seu discurso que é “um enviado de Deus” e que é preciso a criação de uma lei específica para regulamentar as empresas de marketing multinível.- As pessoas hoje conheceram o que é realmente uma distribuição de renda. Essas pessoas que tiveram potencial dentro delas nunca tiveram oportunidade. Eu estou aqui de passagem e Deus me usou para fazer o que eu fiz e isso ninguém vai tirar – afirmou Costa.- Ninguém vai querer voltar para trás, então nós vamos fazer sim algo que já deveria ter sido feito no mínimo há 20 anos, que é uma lei que regulamente o marketing multinível – completou, ressaltando que perder o processo representa um retrocesso.Costa comparou ainda o negócio da Telexfree com empresas como Google e Facebook, afirmando que tais empresas “só vendem comunicação e entretenimento”, mas não são fechadas pela justiça, diferente do Telexfree que, segundo ele, vende um serviço de Voip.- A Telexfree vende Voip, que é um sistema de conversação por IP. O Facebook e o Google são 50 vezes maiores que a Telexfree e só vendem comunicação e entretenimento, não tem nenhum produto, são bilionários e ninguém fecha os dois – argumentou o empresário.O convite para a presença dos representantes do Telexfree na Aleac partiu do deputado estadual Moisés Diniz (PC do B-AC), presidente do Comitê de Apoio aos Divulgadores da Telexfree. Porém Diniz afirma que a audiência não significa apoio da Casa à empresa, visto que ela está sob investigação judicial.- A Aleac não pode prestar apoio ou solidariedade porque a empresa está sendo julgada. Estamos aqui para receber e ouvir o diretor e as sua razões – explicou.


Por Dan Martins, para o Gospel+

Valdemiro Santiago insinua que a Igreja Universal é uma quadrilha, ao comentar sobre recente guerra por horários de TV


Na última quarta-feira o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, proferiu uma série de ataques ao líder da Igreja Universal do Reio de Deus, o bispo Edir Macedo, motivado pela recente perda de horários na TV para a Universal.
De acordo com o UOL, o religioso questionou a origem do dinheiro utilizado por Macedo na compra da Record, e reclamou da lentidão da justiça em relação às denúncias que pesam sobre o líder da Igreja Universal, afirmando que em outro lugar ele já estaria atrás das grades.Sem citar nomes, e agora instalado no canal 25 UHF, além da Rede TV!, Santiago afirmou que sempre irá tachar os concorrentes como lobos e como uma quadrilha. Ele reclamou ainda sobre a perda de espaço em emissoras de outros países, como Angola, para a Universal.- Entrou uma quadrilha aí, né? – questionou Valdemiro Santiago, que ainda deixou um desafio no ar afirmando: – Me tira daqui [do 25]. Quero ver me tirar daqui!Apesar dos constantes ataques por parte de Santiago, a Igreja Universal não se pronuncia sobre as acusações feitas pelo líder da Mundial, e nenhum de seus líderes comentam sobre o assunto.

Por Dan Martins para o Gospel+

Senador evangélico Magno Malta defende maioridade penal de 13 anos no Plenário do Senado



Classificando menores infratores como “homens travestidos de crianças”, o senador evangélico Magno Malta (PR-ES) defendeu no Plenário do Senado na última quinta feira a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 90/2003, que tem como objetivo aprovar a redução da maioridade penal para 13 anos no caso de crimes hediondos.O projeto está sendo analisado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).Autor da PEC, Malta quer ainda modificar o projeto de forma a oferecer aos menores infratores um treinamento esportivo de alto rendimento como parte de sua recuperação. Ele pede ainda que a sociedade participe do debate em torno do projeto, que enfrenta a rejeição de seu relator, o senador Ricardo Ferraço do PMDB-ES.- Tem que debater com o povo na rua, com quem está no ponto de ônibus, com quem vive a insegurança da noite e do dia. Vá perguntar para o motorista de ônibus. Vá perguntar para o trocador de ônibus. Esses sim conhecem a violência imposta por esses homens travestidos de criança, que estão nas ruas sob a proteção de meia dúzia de pessoas que filosoficamente entendem que eles [os menores] têm que continuar matando – afirmou o senador, que segundo a Revista Época, estaria tentando se lançar como candidato à Presidência da República em 2014.De acordo com a publicação, o Partido da República (PR), está praticamente definido como apoiador da reeleição da presidente Dilma Rousseff, mas que para tal falta convencer o senador evangélico Magno Malta (ES) que estaria de olho no Planalto.Felipe Patury, jornalista da revista, afirma ainda que esse é um dos principais assuntos de Malta atualmente, e que tal atitude teria como objetivo fortalecer o PR para ampliar espaço na Esplanada num eventual segundo mandato de Dilma ou fortalecer seu próprio nome, com vistas às eleições para governador de seu estado, o Espírito Santo.


Por Dan Martins, para o Gospel+

SENSIBILIDADE.: Uma cicatriz venenosa na Amazônia

SENSIBILIDADE.: Uma cicatriz venenosa na Amazônia: Caros amigos do Brasil, Em questão de dias uma megamineradora canadense pode ser autorizada a construir uma enorme mi...

À VOCÊ LEITOR NOSSO CARINHO.

MEDITE NAS BENIGNIDADES DO SENHOR NOSSO DEUS E NAS TUAS MISERICÓRDIAS.
O NOSSO DEUS É FORTE E PODEROSO, BASTA QUE VOCÊ CREIA FIRMEMENTE.
DESEJO A VOCÊ AMADO(A) UMA SEMANA REPLETA DE REALIZAÇÕES E UMA CHUVA DE BENÇÃO EM TUA VIDA. 
AMÉM. 
POIS DEUS É CONTIGO. 
PAZ NO TEU CORAÇÃO E NO TEU LAR.




80 pessoas são fuziladas na Coréia do Norte por crimes como a posse de Bíblias





Recentemente o jovem ditado norte coreano Kim Jong Un conduziu a sua primeira execução pública em massa dos chamados “dissidentes” do regime político imposto atualmente no país. De acordo com o jornal sul-coreano JoongAng Ilbo, 80 pessoas foram mortas pelo Estado em 7 cidades da Coréia no Norte.
Entre os crimes dos quais os dissidentes foram acusados, estão atos como 
assistir a vídeos de entretenimento oriundos do Sul, distribuir pornografia, 
portar Bíblias e qualquer outro material considerado subversivo à 
ditadura comunista. O regime de Pyongyang considera como 
delito assistir ou contrabandear filmes sul-coreanos, distribuir 
conteúdos pornográficos, possuir Bíblias ou trabalhar na prostituição.
Segundo o Huffington Post, milhares de cidadãos, 
incluindo crianças, foram obrigados a assistir às execuções 
que decorreram no início deste mês em sete cidades do país, 
entre as quais, Wonsan, Chongjin e Sariwon.
As informações que circulam em meios de comunicação internacionais 
são de que os réus foram amarrados a postes com a cabeça 
coberta com sacos brancos, e de que os espectadores “ficaram 
aterrorizados quando os corpos foram metralhados, 
a ponto de se tornarem quase irreconhecíveis”. 
Supostos cúmplices dos executados e suas famílias foram 
enviadas para campos de concentração.


Por Dan Martins, para o Gospel+

África se torna no continente mais religioso do mundo





Soweto. Para muitas pessoas, este lugar é conhecido pelo papel que desempenhou na luta contra a segregação racial.
áfrica-continente-religioso-cristianismoMais de vinte anos depois da apartheid, dentro da maior comunidade negra da África do Sul, surge outra imagem…
Soweto arde para Deus...
“As pessoas que vêm realmente sente que tem tido um encontro com Deus”, diz Pastor Mosa Sono da Igreja Bíblica Graça.
A Igreja Bíblica Graça é onde tudo acontece. Tudo começou em 1983, com um punhado de pessoas. Agora têm mais de 15 mil membros, com onze congregações em todo o país.
É sem duvida a maior igreja de Soweto. Mosa Sono é o pastor sênior. “Deus disse ‘Me buscam e me encontrarão, quando me buscar de todo o coração’. Acredito que a África tem fome de Deus”.
A mais religiosa
Os números comprovam isso. Durante quatro meses, os pesquisadores percorreram a África do Sul e 18 países subsaarianos.
Eles entrevistaram mais de 25 mil pessoas, face a face, em 60 idiomas diferentes. O que descobriram?
“Bem, certamente é o lugar mais religioso do mundo”, disse Luis Logo do Centro de Pesquisa Pew.
Sua equipe descobriu que as pessoas que vivem, desde o sul do deserto do Saara até a ponta do norte da África, procuram a Deus como em nenhuma outra região do mundo, incluindo a Europa e Estados Unidos.
A grande maioria aqui diz que para eles a religião é muito importante. A maioria acredita em Deus e no céu e no inferno. Eles dizem que a Bíblia é literalmente a Palavra de Deus. E muitos deles acreditam que Jesus voltará durante suas vidas.
“Desde a importância da religião na vida das pessoas, até frequência à igreja, a crença em Deus, a oração… em cada categoria África figura o nível mais elevado em comparações globais”, explica ele.
Logo diz que o cristianismo em particular, está explodindo. Em 1900 havia sete milhões de cristãos na África subsaariana. Esse número aumentou 70 vezes a uma sombrosa cifra de 470 milhões. Os cristãos já estão 60% da população.
“Este crescimento, quando comparados globalmente ou historicamente, deve ser uma das mais rápidas transformações religiosas na história do cristianismo nos últimos 2 mil anos“, diz ele.
Os muçulmanos também têm visto um crescimento. De 11 milhões em 1900 para cerca de 234 milhões em 2010.
Também não podemos dizer que as crenças africanas antigas não são mais praticadas aqui. De fato, a pesquisa constatou que metade dos entrevistados na África do Sul acredita que sacrifícios aos ancestrais e espíritos podem protegê-los do mal.
A pesquisa Pew mostrou que, apesar da ascensão do cristianismo e do islamismo, as crenças religiosas tradicionais não têm diminuído.
CBN News falou com alguns curandeiros, que estavam preparando uma cerimônia.
Acreditamos que Deus pode falar conosco através de nossos antepassados. Há muitas pessoas, especialmente em aldeias rurais, que aderem a estas e outras práticas”, disse Patrick, um feiticeiro.
No entanto, Jacques Vernaud, da Igreja The Bourne nunca tinha imaginado o crescimento fenomenal do cristianismo atualmente.
Nascido de pais suíços no país Africano Central do Gabão, Vernaud diz que aos 20 anos Deus o chamou para ser um missionário na África. “Naqueles dias, nunca havia pregado em grandes congregações.”
57 anos depois, é o líder de uma das maiores igrejas na República Democrática do Congo. E tem 60 igrejas em todo o país.
“Nós não somos salvos por uma religião, somos salvos por uma pessoa, Jesus Cristo, o Salvador e por obedecermos à Palavra de Deus” disse Vernaud.
Como seu amigo pastor em Soweto, Vernaud diz que pode testemunhar o poder de Deus na vida das pessoas. “Deus está fazendo algo especial para a África, em nossos dias.”
Vídeo :






Policial aposentado é preso por evangelizar





O policial aposentado foi preso e acusado de entrar ilegalmente em um shopping em Nova Jersey, depois que tentou evangelizar os visitantes do local.
policial-aposentado-preso-evangelizarDavid Wells é cristão, e desejava muito compartilhar a sua fé com os visitantes do Shopping Monmouth, em Eatontown. Por isso ele foi até o shopping para entregar alguns folhetos evangelísticos e ao mesmo tempo perguntar-lhe sobre a eternidade.
“Eu simplesmente me aproximava das pessoas e lhes perguntava se eu poderia fazer-lhes uma pergunta. Se elas dissessem que não, eu as deixava em paz,” explicou Wells ao site Chistian News. “Se elas dissessem que sim, eu simplesmente perguntava: ‘Você vai para o céu?’ O como eu respondia dependia de como elas respondiam à minha pergunta.”
No entanto, o trabalho evangelístico de David não pode continuar porque os seguranças do shopping lhe disseram que o shopping é uma empresa privada e por isso não poderia distribuir folhetos ali.
David sabia que não há proibição na lei para este tipo de atividade nos shoppings, porque estes estabelecimentos são considerados semi-público. Por isso ele tentou explicar ao segurança que não o compreendeu e imediatamente chamou a polícia  para que David foi preso.
Segundo uma decisão judicial na corte estadual em 1994, no caso de New Jersey Coalition contra a Guerra no Oriente Médio vs. J.M.B Realty Corporation, os shoppings permitem a “liberdade de expressão.”
Após o evento que chocou a muitos, um grupo lançou uma petição em favor de David, exigindo a liberdade de expressão no entanto, David será julgado em 5 de dezembro.
Portal Padom

Britney Spears causa polêmica ao se dizer contra o casamento gay e apontar o autor cristão Max Lucado como seu escritor favorito

 
A cantora pop Britney Spears surpreendeu seus fãs recentemente ao apontar o escritor cristão Max Lucado como seu autor favorito. Conhecido no meio cristão, Lucado é autor de diversos best-selers e pastor na Oak Hills Church, em San Antonio, Texas.
Britney Spears causou controvérsias também ao se declarar contra o casamento gay, e ao explicar que tal opinião se deve à sua formação cristã.
As opiniões da cantora, classificada por muitos como a “princesa do pop”,causaram polêmica na imprensa norte americana. O jornal New York Daily News afirmou em uma manchete que a cantor “nomeou um pastor pedófilo como autor favorito”, motivado, principalmente, por um artigo escrito por Max Lucado em 2004, no qual ele condena o casamento gay.
A imprensa norte-americana tem afirmado também que a declaração da cantora contra o casamento gay pode fazer com que ela seja “jogada para fora do altar dos homossexuais” , tido por muitos como um dos principais públicos de Spears.
De acordo com o tablóide americano National Enquirer, os agentes da cantora tentam agora fazer com que suas declarações não tomem grandes proporções, e enfatizam não haver nada de homofóbico em suas declarações.
- Ela trabalhou e dançou com um monte de gays nos últimos anos. Nunca houve homofobia, mas seu não apoio ao casamento gay se dá porque ele acredita ser contra a Bíblia – afirmou um informante do tablóide.
Por Dan Martins, para o Gospel+

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.