Conselho de Psicologia decide na próxima sexta-feira se cassará o registro de Marisa Lobo: “Primeiro caso oficial de mordaça”, diz psicóloga




A psicóloga Marisa Lobo enfrentará, na próxima sexta-feira, 16 de maio, um julgamento no no Conselho de Ética do Conselho do Regional de Psicologia (CRP) do Paraná, por conta de sua expressão pública de fé nas redes sociais.
O processo foi iniciado há dois anos, quando Marisa Lobo recebeu uma intimação do CRP ordenando que ela removesse de suas redes sociais todas as referências à religião. O não cumprimento das exigências poderia resultar num processo de cassação do seu registro de psicóloga.
Desde então, Marisa mobilizou seus seguidores nas redes sociais para tornar conhecido o seu caso, que ela classifica como “mordaça”, e também se tornou alvo de protestos e chacotas do movimento LGBT.
“Se for condenada será o primeiro caso oficial da mordaça que a psicologia juntamente com o movimento LGBTT colocará em um profissional que não aceita as novas ideologias anti científicas da profissão”, diz Marisa Lobo.
O processo contra a psicóloga foi classificado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) como abusivo, por ferir direitos constitucionais invioláveis, como a liberdade religiosa. “O conselho é inquisidor, e oportunista. Não acredito que justamente quando estamos discutindo sobre ideologia de gênero e estatuto da família, o Conselho queira me julgar. Ainda mais depois de um bom tempo sem me dar resposta, quando eu perguntava sobre o processo”, alertou Marisa, numa entrevista ao portal Guia-me.
intimacao crp-marisa lobo
Intimação enviada pelo CRP-PR à psicóloga Marisa Lobo
A situação é encarada por Marisa como delicada: “Estou tranquila, porque se me cassarem vão declarar esta perseguição. Se não, vão concordar comigo. Então o mais provável é que façam uma censura pública, na qual me obrigarão a negar tudo que acredito… E se eu não acatar a esta ordem, irão mover outro processo de cassação definitiva”.
Apesar dos contratempos, Marisa reafirma sua crença de que a justiça será feita: “Como pessoa fico angustiada sim, e minha profissão que amo, me dediquei por anos de minha vida, esforço, sem falar no financeiro… Mas Jesus, o Deus que acredito, faz com que este pequeno sacrifício valha a pena, porque não é nada comparado ao qual Ele fez por mim”, concluiu.



 Publicado por Tiago Chagas em 15 de maio de 2014

Igreja Metodista lança campanha pastoral para combater o racismo




O Colégio Episcopal da Igreja Metodista lançou recentemente uma campanha pastoral de combate ao racismo que tem como objetivo discutir os pensamentos históricos que originaram o preconceito racial.
Segundo a agência ALC, a proposta da igreja é denunciar a origem no pensamento surgido durante o colonialismo europeu que criou uma visão patológica de que ciganos, indianos, árabes, indígenas americanos, nativos australianos e africanos, são “raças inferiores”.
A proposta analisa a institucionalização através das culturas da negação de direitos humanos básicos a alguns grupos étnicos, bem como a supervalorização dos povos europeus e norte-americanos, uma leitura cultural insegura que tende a uma visão empobrecedora das dos demais povos, rotulando-os como “diferentes, inferiores, exóticos, bárbaros”.
- [Tal pensamento] enxerga nas pessoas negras somente o ‘preto’, não vendo nos outros pessoas como ele próprio. A humilhação racista de outras pessoas, no fundo, é ódio mortal contra si mesmo – analisa o teólogo Jürgen Moltmann no livro ‘Experiências de reflexão teológica’.
Com esta campanha, os metodistas têm dois grandes objetivos. Por um lado, visam levantar uma discussão de forma de forma a estimular e contribuir para a reflexão sobre o racismo brasileiro. Por outro lado, a igreja quer promover ações proativas para a superação do preconceito, despertar a consciência crítica dos membros e fomentar a unidade do Corpo de Cristo.

 Por Dan Martins em 15 de maio de 2014

Crianças estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia, afirma Unicef




Unicef denunciou nesta quinta-feira que crianças “estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia”
A Agência das Nações Unidas para a Infância (Unicef) denunciou nesta quinta-feira que crianças “estão sendo arrastadas para a violência na Ucrânia” e adiantou que está investigando relatos sobre mortes infantis em Odessa, no Sul do país. Segundo um comunicado, a agência internacional “está seriamente preocupada com a instabilidade no país e as consequências na vida das crianças”. De acordo com a Unicef, tem havido crianças envolvidas em manifestações violentas.
A Unicef, que está na Ucrânia para prestar apoio as crianças e famílias deslocadas em várias regiões do país, por meio da distribuição de bens de primeira necessidade, observou que há um aumento da procura por serviços de apoio psicológico para menores. A linha telefônica de emergência recebeu, durante o mês de abril, 1.378 chamadas de crianças de todo o país.
Segundo informou a Unicef, os níveis de ansiedade e stress verificados nos menores são agravados pelas constantes imagens de violência transmitidas pela televisão. A agência alertou que “testemunhar ou ser arrastada para situações de violência, além de perigoso é, obviamente, prejudicial para saúde e bem-estar de uma criança”.
A Unicef também informou estar precupada com interrupções e dificuldades no acesso à educação e à saúde, especialmente em relação à quebra das vacinações de rotina – o que pode ser uma porta de entrada para surtos de doenças transmissíveis.



Os comentários às matérias e artigos aqui publicados não são de responsabilidade 
do  Correio do Brasil nem refletem a opinião do jornal.

Ex-terrorista do Boko Haram se converte ao cristianismo e revela as atrocidades do grupo





À primeira vista, a foto de Nasir Isiaku reflete a imagem de um jovem, agradável suave e sensível. Por trás dessa cara que transpira inocência esconde um guerreiro feroz membro islâmico de uma organização terrorista ligada à sangrenta terrível seita Boko Haram.
boko-haram-ex-terrorista-cristão

Este “jovem” era um lobo em pele de cordeiro, uma cobra verde camuflado na grama verde, uma máquina de matar que odiava os cristãos das profundezas do seu ser.
Isiaku Nasir, 27, descreveu a si mesmo como um guerreiro islâmico que tinha prazer em cortar a cabeça dos cristãos, mas depois de deixar o grupo Boko Haran e converter-se a Cristo, Nasir Isiaku, tem falado com a imprensa ocidental, revelando as obscuras ideologias desta organização africana e seu estremo ódio contra os cristãos de todo o mundo.
“Nossos lideres nos ensinavam que quanto mais cristãos matássemos, mais probabilidades teríamos de entrar no paraíso. Algumas formas de treinamento eram raras. Bebíamos uma água especial, que alguns chamariam de “água espiritual”, porque não era uma água comum. Recebíamos também estranhos visitantes, que não pareciam em nada com seres humanos. Se manifestavam de diversas maneiras. Nossos chefes nos pediam que recitássemos algumas passagens do Alcorão, para fazer com que esses seres aparecessem.”, relata Nasir;
“Havíamos planejado matar todos os cristãos de Kaduna, antes de ocuparmos para outro do Norte. Antes de cada operação, bebíamos da água espiritual, e nos tornávamos mais ousado para cometer o mal.”, continua o ex-terrorista.
Ele também relata que “Eu não me recordo de quantas pessoas matei. Pegávamos nossas armas para disparar nas pernas. Quando perguntamos a uma vítima ‘Você quer ser muçulmano?’, se respondesse “não”, o degolávamos como uma cabra. E depois de termos matado os infiéis, recolhíamos seu sangue em um pequeno copo e bebíamos. Assim, o fantasma da pessoa degolada não poderia perseguirmos em nossos sonhos. Isso era o que afirmava o nosso chefe. E, de fato, se havíamos provado seu sangue, não o veríamos em nossos sonhos. Algumas vezes, quando não queríamos beber seu sangue, simplesmente molhávamos os dedos nele e logo passávamos nos lábios e isso era o suficiente para impedir o fantasma de nos perseguir em nosso sonhos”.
Nasir Isiaku, relata ainda que após tornar-se cristão passou a ser perseguido pela seita Boko Haram.

Portal Padom

Extremistas islâmicos do Boko Haram executam menino cristão porque ele poderia se tornar um pastor, relata sobrevivente




A filha de um pastor morto por terroristas do Boko Haram relatou a jornalistas detalhes da perseguição religiosa que os extremistas islâmicos tem feito aos cristãos na Nigéria. A menina, que sobreviveu ao ataque, agora está exilada nos Estados Unidos e disse que os radicais pretendem erradicar os cristãos do país.
Aos jornalistas, Deborah Peters revelou detalhes do diálogo entre extremistas, que cogitaram deixar seu irmão vivo após terem matado seu pai, que era pastor. Os jihadistas do Boko Haram, no entanto, optaram por matá-lo porque ele poderia se tornar um pastor ou missionário quando crescesse.
“Era 7:30 e três homens bateram na porta e perguntou onde meu pai estava. Eles o levaram ao banheiro e gritaram para ele negar sua fé. Ele disse que não o faria, e eles dispararam três vezes em seu peito”, narrou Deborah, 15 anos, que vivia num vilarejo em Chibok, uma das regiões da Nigéria mais atacadas pelos extremistas.
Depois disso, a adolescente de 15 anos afirmou que os homens debateram sobre o destino do menino, e chegaram ao consenso de matá-lo: “Eles atiraram no meu irmão duas vezes no peito e ele caiu”, disse Deborah.
O ataque contra esta família cristã aconteceu em 2011, e foi trazido à tona recentemente, durante um evento promovido pelo Instituto Hudson, nos Estados Unidos, de acordo com informações do WND.
Boko Haram, que significa “a educação ocidental é pecado”, é um grupo terrorista de radicais muçulmanos que pretendem transformar a Nigéria num estado islâmico. Atualmente, toda a comunidade internacional voltou suas atenções para as ações do grupo por conta de dois sequestros de quase 300 estudantes – em sua maioria cristãs – nos últimos 30 dias.

OS "ITAS" ESTÃO PERSEGUINDO VOCÊ?







              CENTRAL EM MURIAÉ/MG
RUA DESEMBARGADOR CANÊDO, 158- CENTRO
 MURIAÉ/MG - 36880.000
Revda. Maria Rosângela Donato

"FILHOS OBEDIENTES GERAÇÃO SAUDÁVEL." 


BARACK OBAMA aviso aos evangélicos

vem aí uma grande perseguição - os estados unidos e o papa francisco

BUSCAI O SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR, IVOCAI-O ENQUANTO ESTÁ PERTO.






Isaias 55:6

O pecador (aqui está referindo a toda a pessoa que ainda não aceitou Cristo como seu único Salvador) deve buscar a Deus enquanto está em vigor a sua promessa de ouvi-lo. O tempo para se receber a salvação, aqui tem um limite. Em 2º Coríntios 6:2 – Jesus diz: Eu te ouvi no tempo da oportunidade e te socorri no dia da salvação; eis, agora, o tempo sobremodo oportuno, eis, agora, o dia da salvação. Chegará o dia em que Ele, não será achado. Em Hebreus 3:7-11 lemos: Assim, pois, como diz o Espírito Santo. Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais o vosso coração como foi na provocação, no dia da tentação no deserto, onde os vossos pais me tentaram, pondo-me á prova, e viram as minhas obras por quarenta anos. Por isso, me indignei contra essa geração e disse: Estes sempre erram no coração, eles também não conheceram os meus caminhos. Assim, jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso. Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo. O escritor de Hebreus considera as Escrituras, no sentido final e pleno, como as palavras do Espírito Santo e não como meras palavras dos homens. Ao lermos a Bíblia, não devemos pensar que estamos lendo simplesmente as palavras de Mateus, Paulo, Pedro, João etc., mas as próprias palavras do Espírito Santo que revelam a vontade de Deus para a igreja e para a nossa vida.







http://www.salmos.reflexoes.nom.br




COMO CONTROLAR SUA LÍNGUA - MEDITE NO SALMO 12




Socorro, Senhor!
   Porque já não há
   homens piedosos;
   desaparecem os fiéis
   entre os filhos dos homens.
2-Falam com falsidade uns aos outros,
   falam com lábios bajuladores
   e coração fingido.
3- Corte o Senhor
    todos os lábios bajuladores,
    a língua que fala soberbamente,
4- pois dizem : Com a língua
    prevaleceremos,
    os lábios são nossos;
    quem é senhor sobre nós?
5- Por causa da opressão dos pobres
    e do gemido dos necessitados,
    eu me levantarei agora,
    diz o Senhor;
    e porei a salvo
    a quem por isso suspira.
6- As palavras do Senhor
    são palavras puras,
    prata refinada em cadinho de barro,
    depurada sete vezes.
7- Sim, Senhor, tu nos guardarás;
    desta geração nos livrarás
    para sempre.
8- Por todos os lugares
    andam os perversos,
    quando entre os filhos dos homens
    a vileza é exaltada. 



-->

salmos.reflexoes.nom.br

Ao aposentar-se





(Louvores de Davi)

          Exaltar-te-ei,
          ó Deus meu e Rei;
          bendirei o teu nome
          para todo o sempre.
     2-  todos os dias te bendirei
          e louvarei o teu nome
          para todo o sempre.
     3-  grande é o Senhor
          e mui digno de ser louvado;
          a sua grandeza é insondável.
     8-  Benigno e misericordioso
          é o Senhor,
          tardio em irar-se
          e de grande clemência.
     9-  O Senhor é bom para todos,
          e as suas ternas misericórdias
          permeiam todas as suas obras
   10-  Todas as tuas obras
          te renderão graças, Senhor;
          e os teus santos te bendirão.
   18-  Perto está o Senhor
          de todos os que o invocam,
          de todos os que o invocam
          em verdade.


 http://www.salmos.reflexoes.nom.br/

Não é o que você faz, sim o que você é! Por Victor dos Santos



Você já se deparou com uma pessoa que aparenta ser uma coisa mas na verdade é outra? Um dia estava em meu local de trabalho resolvendo uns assuntos com uma senhora, de repente entrou uma moça na sala e foi cumprimentar a senhora com quem eu estava conversando, elas começaram a rir juntas, contar histórias uma para outra e aparentavam ser amigas de tempos, no final da conversa, a senhora deu um grande abraço na moça e disse que amava conversar com ela, a moça deu um beijo na senhora e foi a caminho da porta, quando eu ouvi a porta batendo e aquela moça indo embora aquela senhora olha pra mim e diz “nossa como aquela moça é falsa não é? Não gosto dela!”.
Esse é um pequeno exemplo de que podemos fazer o que de fato não somos, podemos por exemplo demonstrar alegria sem estarmos alegres, podemos dizer que amamos uma pessoa e na verdade não amar, podemos ir até à igreja e não sermos de fato cristãos, se começarmos a analisar nossa vida vamos perceber que fazemos muitas coisas por diversos motivos diferente que não tem nada a ver com o que realmente somos.
Mateus 5:8 “Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus”
Jesus estava ensinando o conhecido “Sermão do Monte”, nesse sermão um dos ensinos de Jesus é que felizes são as pessoas que são limpas de coração, pois essas verão a Deus. Nosso coração é a sede de nossos sentimentos, Jesus ensinou que é do coração que vem os maus pensamentos, homicídios, adultérios, blasfêmias e isso que contamina o homem (Mateus 15:19 e 20); e Jesus convida as pessoas e as ensina que é preciso ter um coração puro, pois tendo um coração transformado conseguimos ver melhor Deus, assim entendemos quem é o Senhor.
Jesus estava falando de algo que está dentro de nós, Deus vê tudo o que fazemos, seja as coisas boas ou ruins de nosso dia a dia, mas para Jesus não interessa você fazer coisas boas e ser uma pessoa má, para Jesus não funciona você amar quem você quer e os que não são do seu agrado não dar importância, pois isso mostra que você não é “uma pessoa que ama” ou “amor”, você apenas faz coisas, ama quando quer e não ama quando não quer, Jesus está interessado em nosso coração!
Os religiosos da época de Jesus acreditavam estar em um nível superior do que outros porque eram cumpridores da lei de Moisés, um exemplo está em Mateus 5:21 ao 27. Um dos mandamentos da lei diz “Não matarás” e os religiosos de fato não matavam, mas Jesus buscou ensiná-los o que a lei realmente significava, Jesus disse que a questão não era apenas não matar, mas não deveriam nem se irar com o seu próximo, mais do que isso, não deveriam nem xingá-lo, os religiosos foram confrontados com os seus pecados para perceberem que não eram “santos” como pensavam.
Jesus se importa realmente com o que está dentro de nós. Não adiantava aqueles religiosos não cometerem o homicídio, se no coração deles existia ódio pelas pessoas, a lei de Moisés não foi criada com a intenção das pessoas deixarem de cometerem pecados, mas que as pessoas tivessem um coração de amor, todas as leis se resumem na prática do amor. Quem tem um coração que ama não irá matar, não será dominado pelo ódio e não terá prazer em xingar alguém, as coisas começam de dentro para fora.
Não se alegre das boas obras que você faz, se alegre do que você é, se alegre de seu caráter transformado por Deus, tenha um coração puro a ponto de suas atitudes condizerem com sua personalidade.
Deus abençoe

* As opiniões expressas nos textos publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores
e não refletem, necessariamente, a opinião do Gospel Prime.


REFLEXÃO





Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.

Romanos 8:1-2

 

 

Pensamento: "Até que em fim — livres!!! Graças a Deus, somos livres!" Tornar-se cristão significa que fomos libertados de manter a lei. Agora temos Deus habitando em nós através do Espírito Santo. O Espírito nos ajuda a saber a vontade de Deus e realizá-la. Através do poder do Espírito, podemos fazer o que nenhuma lei poderia fazer: alcançar os padrões de santidade de Deus. Nós somos livres para sermos como Deus e com Deus, livres do poder esmagador da lei, pecado e morte. 


Oração: Gracioso pai, obrigado por todos os presentes que o Senhor me deu. Hoje, quero agradecer especialmente por ter me libertado da lei e me dado o poder do seu Espírito. Encha-me e dê-me o poder hoje do seu Espírito para eu cumprir o compromisso de viver a minha vida para o Senhor. No nome e pela autoridade de Jesus, meu Senhor, eu oro. Amém. 

http://www.iluminalma.com

Inédito Globo fala do Anticristo no ar

Governo Sombrio - Bem vindos a Nova Ordem Mundial

6 inimigos mortais do casamento




O casamento está sob ataque. O casamento sempre esteve sob ataque. O mundo, a carne e o diabo estão sempre se opondo ferozmente ao casamento, em especial a casamentos distintamente cristãos. O casamento, afinal de contas, foi dado por Deus para fortalecer seu povo e para sua própria glória; não é de se assustar, então, que esteja constante sob ataque.
Tenho pensado recentemente sobre alguns dos inimigos mais escancarados do casamento cristão e, para falar a verdade, os inimigos mais evidentes que eu vejo assolar o meu próprio casamento. Aqui estão 6 inimigos mortais do casamento (do cristão em particular).


Negligência da Fundação


O inimigo do casamento que merece estar no topo da lista é este: negligenciar a fundação – negligenciar a fundação bíblica. A Bíblia deixa claro que o casamento é uma instituição decretada por Deus e uma instituição projetada para glorificar a Deus ao demonstrar algo a respeito dEle. O grande mistério do casamento é que o relacionamento pactual do marido e da esposa é um retrato do relacionamento pactual de Cristo e sua igreja.
O casamento é de Deus, sobre Deus, para Deus e por Deus, então assumimos um risco quando negligenciamos Deus. Apenas quando a fundação bíblica está em seu devido lugar que somos capazes de entender corretamente como um marido e uma esposa devem se relacionar, como devem assumir seus papéis individuais e como devem buscar glorificar a Deus tanto individualmente como enquanto casal. Edificar um casamento sobre qualquer outra fundação é negligenciar a rocha em favor de construir sobre a areia.


Negligência da Oração


A oração é o nosso sustento, o meio pelo qual adoramos a Deus, expressamos nossa gratidão, confessamos nosso pecado e suplicamos por ajuda. O casal que ora junto está confessando perante Deus que dependem dEle, que são incapazes de continuar sem Ele.
A oração privada é essencial para a vida cristã, e a oração do casal é essencial para o casamento cristão. Aqui, ajoelhados ao lado da cama ou sentados no sofá, o marido e a esposa se encontram juntos com o Senhor, o adorando por sua bondade e graça, confessando seus pecados contra ele e de um contra o outro, e suplicando por sua sabedoria e consolo. Quando a oração cessa, o casal está proclamando tacitamente que podem sobreviver e prosperar por si só, que eles não precisam da constante e diária assistência divina. A falta de oração é um grande inimigo do casamento.


Negligência da Comunhão


Outro grande inimigo do casamento é a falta de comunhão – comunhão com a igreja local. Satanás ama quando consegue compelir um indivíduo a se afastar da igreja; quão melhor não é quando ele consegue afastar um casal ou uma família inteira. Quando um casal casado deixa a igreja, ou mesmo se restringe a comparecer o menos possível, eles estão deixando o lugar onde deveriam estar para ver exemplos de casamentos saudáveis, onde podem adorar uns com os outros, onde podem encontrar amigos com quem podem se abrir sobre o casamento para que outros possam enxergar e diagnosticar suas lutas. O casamento prospera no contexto da igreja local e murcha fora dele.


Negligência da Comunicação


Assim como Satanás quer que um casal deixe de se comunicar com Deus por meio da oração, ele também deseja que o casal pare de se comunicar entre si. Comunicação livre, aberta e regular é a chave para qualquer relacionamento, acima de tudo no casamento. Quando um casal é capaz de se comunicar e o faz, são capazes de reconhecer e enfrentar as dificuldades, são capazes de compartilhar tanto as alegrias quanto os sofrimentos que são inevitáveis em uma vida vivida em conjunto. Casais demais deixam de se comunicar, ou talvez nunca tenham aprendido a fazê-lo. Ao invés de enfrentarem os problemas, permitem que eles permaneçam, cresçam e se tornem tóxicos. A comunicação é chave para um casamento saudável, e a falta dela é um inimigo perigoso.


Negligência de Interesses em Comum


Quando um casal está namorando, é raro descobrirem que não tem nada (ou muito pouco) em comum. Mas conforme o tempo passa, após se tornarem marido e mulher e se acostumarem à vida normal, eles podem facilmente caírem em suas rotinas à parte. E assim vivem sozinhos em conjunto, duas pessoas levando duas vidas separadas sob o mesmo teto.
Interesses em comum levam a tempo compartilhado, conversas compartilhadas, paixões compartilhadas. Pode ser um hobby, uma atividade, uma série de TV, mas tem que ser alguma coisa. A negligência dos interesses em comum é um grande inimigo de um casamento saudável.


Negligência do Sexo


Deus agiu com bondade ao prover o estranho e misterioso dom do sexo como forma de unir um marido e uma esposa de forma única. Sexo é a cola de um casamento saudável, mas, mesmo assim, muitos casais nunca estão muito longe de negligenciá-lo ou substituí-lo pela pornografia ou alguma outra coisa. A Bíblia exige que um marido e uma esposa mantenham o relacionamento sexual em todas as circunstâncias, à parte das mais extremas – desde que com consentimento, e por pouco tempo, para se concentrarem na oração. Há épocas inevitáveis em que nada parece mais difícil do que buscar a relação sexual e nada parece mais fácil do que negligenciá-la, mas negligenciar o sexo é desobedecer a Deus diretamente. Negligenciar o sexo é destratar um dos maiores e mais indispensáveis dons de Deus.
Se Satanás não puder destruir um casamento, ele irá tentar, pelo menos. Negligenciar qualquer dessas seis coisas é convidar sua presença e sua influência para dentro do casamento.


por: Tim Challies
Traduzido por: Filipe Schulz
Reforma21 / Portal Padom

Antes de morrer, Jair Rodrigues falou de sua fé e disse não ter medo da partida: “O cara pode estar bem, cai e morre. É o Homem chamando”





O cantor Jair Rodrigues foi encontrado morto em sua residência na manhã da última quinta-feira, 08 de maio, vítima de um infarto do miocárdio. Artista respeitado na música secular brasileira, o cantor falou sobre sua fé em Deus poucos dias antes de sua morte.
Numa entrevista à revista Quem, Jair Rodrigues disse não temer a morte por saber que o tempo de partida era uma decisão divina: “Não tenho medo da morte. O cara pode estar bem e ‘pá’, cai. Morre. É o Homem chamando”, afirmou.
O jornalista responsável pela entrevista relatou que Jair ainda falava sobre sua fé, quando passou por um quadro que representava Jesus e disse: “Ele sorri para mim”.
A grande mídia brasileira lamentou a morte do cantor, que era conhecido por sua personalidade alegre e interpretações espontâneas. Aos 75 nos, Jair Rodrigues vivia em Cotia, na Região Metropolitana de São Paulo, e não apresentava problemas de saúde.


Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Menino de seis anos de idade opera milagres ao impor as mãos sobre enfermos e orar por cura





Um menino de seis anos de idade tem sido o centro das atenções numa igreja do estado norte-americano da Pensilvânia por impor as mãos sobre enfermos e estes serem curados. Joey, como é chamado o menino, tornou-se uma espécie de canal de milagres quando sua tia estava doente e ele orou por ela de forma espontânea.
A tia de Joey, Mindy, estava debilitada e recusando visitas, quando o menino insistiu para vê-la. Ao encontrá-la, foi sincero e objetivo, segundo sua mãe: “Joey colocou a mão na sua cabeça, e disse: ‘Pai Celestial, peço-lhe para tocar a minha tia Mindy e curá-la, porque sabemos que por suas palavras ela será curada. Obrigado por sua cura em nome de Jesus. Amém”.
A situação de Mindy, até aquele momento, era bastante grave: “Quando chegamos à casa, fiquei chocada com a forma como a minha irmã me olhou. Eu quase não a reconheci. Ela estava tão fraca, que nem sequer conseguiu levantar a cabeça do sofá, onde ela estava deitada e coberta. Ela só abriu os olhos e olhou para nós. A pele estava pálida; Havia círculos escuros sob os olhos afundados, gotas de suor em sua testa, e dava a impressão de que estava morrendo. Joey olhou para ela e disse: ‘Eu vim para orar por você. Eu vou curá-la em nome de Jesus’. Eles apenas se entreolharam em silêncio, como se estivessem tendo uma conversa que ambos entendiam. E ela cedeu”, relatou a mãe do menino.
Segundo ela, durante a oração, o aspecto de debilidade foi sendo substituído por uma aparência mais saudável: “Enquanto ele orava, abri meus olhos e fiquei admirada com a transformação que eu estava presenciando. Foi um milagre. Se eu não tivesse visto isso por mim mesmo, eu não teria acreditado. A cor começou a subir de volta em seu rosto. Seus olhos sem brilho começaram a brilhar. Aquela pessoa que estava fraca demais para levantar a cabeça, agora tinha se sentado”.
A tia do menino, grata pela cura, afirmou ao Charisma News que Joey era a representação da providência divina: “Ele era a resposta às minhas orações”. A jornalista Becky Fischer comentou em seu texto sobre o menino que “é vital que entendamos o potencial de até mesmo as crianças mais pequenas, quando eles são ensinadas sobre a Palavra de Deus, pois quando os dizemos no que crer, eles entregam uma fé muito maior do que todos os adultos”.
Atualmente, pessoas enfermas vão aos cultos da igreja frequentada pela família de Joey e recebem orações do menino, com imposição de mãos, para que sejam curadas.

Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Em busca das mulas perdidas --- Por Ildo Mello




Em busca das mulas perdidas




(1 Sm 9) 

Saul era um jovem de família humilde, quando se extraviaram as mulas de seu pai. Ele, como filho responsável e obediente, saiu para busca-las. Tendo procurado muito, nada encontrou. As mulas eram muito preciosas para ele e sua família, pois delas dependiam para sobrevivência. Foi nesta procura que Saul acaba consultando o profeta Samuel, que lhe anuncia ter sido escolhido por Deus para ser o rei de Israel. Ele perdeu o que tanto buscava, mas acabou encontrando o reino com que nunca sequer sonhara. Algumas breves considerações sobre este episódio narrado no capítulo 9 de 1 Samuel:
Um grande homem se levanta a partir de um pequeno e modesto começo. E um grande evento surge de pequenas ocorrências. Saul foi fiel no pouco, portanto, sobre o muito foi colocado (Lc 19.17), não por obra do acaso, mas por obra e graça de Deus que tudo vê. Deus exalta os humildes (Pv 3.34); Devemos confiar na providência divina.
Os planos, os caminhos e os pensamentos de Deus são muito mais elevados do que os nossos (Is 55.9). Muitos buscam a Deus para solução de seus problemas materiais e acabam encontrando em Deus coisas muito mais excelentes, como o Reino de Deus e a vida eterna.
O triste é imaginar que os homens de Deus seriam muito mais procurados se a especialidade deles, em vez de salvar almas, fosse salvar mulas, tal é o cuidado dos homens pelas coisas materiais (1 Co 15.19). Observa-se que, no final, as mulas também foram encontradas (10.2). Deus tem prazer em nos socorrer em nossas necessidades temporais, mas devemos buscar em primeiro lugar o Reino de Deus (Mt 6.33).
É até razoável a busca por tesouros terrenos enquanto não se conhece o supremo tesouro. Mas uma vez que nos deparamos com o inestimável tesouro, não pode haver lugar para outro em nosso coração (Mt 13.44; 6.21; Dt 6.5).



Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.