REFLEXÃO






Jesus, porém, respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus.

Mateus 4:4

 

 

Pensamento: Como Esaú, nós ficamos tão preocupados com as coisas mundanas da vida e os nossos estômagos, que esquecemos da visão a longo prazo. A Palavra de Deus, a Bíblia, a Palavra demonstrada em Jesus, e sua Palavra proclamada nos Evangelhos são o que podem nos suster eternamente. Este é o pão vivo que buscamos. 


Oração: Deus Verdadeiro e Fiel, através do seu Espírito Santo, crie em mim uma fome pela Sua Palavra, que é muito mais necessária para minha vida do que minha fome por comida. Confesso que às vezes estou distraído pelas coisas mundanas da vida e não tenho buscado a Sua Palavra, e não tenho nutrido a minha alma tanto quanto poderia. Por favor, perdoe-me. Estou refazendo meu compromisso para ser mais atencioso à sua direção e à sua verdade através da sua Palavra e pelo seu Espírito. No nome de Jesus Cristo eu oro. Amém.

7×1 é só o começo! Por Carla Stracke




Ouve-me, povo meu, e eu te atestarei: Ah, Israel, se me ouvires!
Não haverá entre ti deus alheio nem te prostrarás ante um deus estranho.
Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito; abre bem a tua boca, e ta encherei.
Mas o meu povo não quis ouvir a minha voz, e Israel não me quis.
Portanto eu os entreguei aos desejos dos seus corações, e andaram nos seus próprios conselhos.
Oh! Se o meu povo me tivesse ouvido! Se Israel andasse nos meus caminhos! Salmos 81:8-13
Recomendo a releitura do Salmo acima substituindo a nação de Israel por Brasil, de preferência pausadamente para boa absorção e possíveis paralelismos ao momento atual que vivemos.
Estamos chegando ao final da tão almejada Copa do Mundo 2014, a qual deveria nos trazer mais benefícios do que malefícios. Os olhos do mundo ainda estão sobre nós em diversos sentidos, porém principalmente política e economicamente.
Acho que nunca um evento esportivo mundial teve tanta adesão e repercussão interna o que fez a FIFA se gabar dizendo que sabia que quando os jogos iniciassem, as manifestações e qualquer conspiração cairiam por terra – e não é que até os anti copa se renderam? E se renderam tão rápido que deu até medo.
Deus sempre falou precisamente à nossa nação através da palavra, profecias, respostas de oração, porém de uns 5 anos para cá parece que os sussurros de Deus deixaram de ser eco e se tornaram vozes firmes através de seus filhos e filhas, mesmo que cerca de 1 semana depois estamos mais preocupados com algum escândalo do mundo gospel do que com o que Deus havia falado.
Dentre profetadas da Copa como acharem triângulo Illuminati em tudo e darem crédito ao capiroto por nossas mazelas e relaxos, estamos em meio a uma crise econômica de arrepiar cabelos que já vem nos assombrando há alguns anos, mas o que importa é que o David Luiz resolveu esperar para casar e que o Neymar e os outros reverenciem a Deus em campo e ignoramos os palavrões ditos pelos mesmos 5 minutos depois (fica esperto Thiago Silva).
Agora vamos para a parte séria do negócio ! Deus tem expressado seu amor infinito, afinal ele é Deus, porém também sua insatisfação com nossa desobediência através de palavras sobre um futuro econômico sombrio, um solo que emerge um sangue tão escuro de morte, um sistema educacional morto, que como defunto está sentado em uma cadeira com lábios costurados e sem olhos, e líderes dessa nação presos uns aos outros por sutis teias de aranha, que os prendem e eles nem sentem – o famoso rabo preso. Somos ingratos, desobedientes e só nos tornamos patriotas quando nosso time vence o que demonstra uma nação que barganha com Deus da mesma forma – damos Hosana quando nossa vida vai bem e crucificamos Jesus novamente cada vez que o ignoramos e não deixamos nosso Pai guiar nossa nação.
Brasileiros são tão falso humildes e ingratos com a própria pátria quanto devotos quando o calo aperta. Não oramos para que chova na Cantareira, mas oramos para que os inimigos caiam perante nossos pés num jogo de futebol. 7×1 é humilhante? Com certeza, porém creio piamente que além de questões financeiras, organizacionais – realmente acharam que a FIFA, uma organização mundial com base européia iria deixar um país de 3° mundo como o nosso é chamado vencer na própria casa?
O povo brasileiro se superou na hospitalidade e infelizmente regrediu de forma vergonhosa ao largar a seleção na mão na hora que mais precisavam de apoio… vergonhoso uma nação queimar bandeira, xingar um jogador em côro em rede mundial e gritar olé quando o adversário estava detonando nosso time.
Um povo que grita Hosana no auge e grita crucifica quando se sente contrariado por não ter seus caprichos supridos é tão antigo quanto a crucificação de Jesus enquanto ele fazia milagres para as pessoas.
Políticos corruptos? Sim. Um povo de dura cerviz que só se prostra na hora do desespero? Sim! Eu e você tentando ganhar vantagem em qualquer coisa com o famoso jeitinho brasileiro? Sim! Pessoas morrendo de verdade nesse segundo enquanto fico fuçando a vida alheia nas redes sociais? Sim! Um sistema podre, ambicioso que só enxerga o próprio umbigo e não faz o que deve ser feito? Sim!
Mas quem Deus chama de igreja morna, a famosa Laudicéia, que deixa Jesus batendo à porta somos eu e você que fazemos parte da Igreja de Cristo!
Quem Deus instrui a orar e clamar pelas autoridades somos nós e não elas mesmas .
Antes de tudo, que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; Pelos reis, e por todos aqueles vestidos de autoridade, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade;
Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. 1 Timóteo 2:1-4
Deus está permitindo que passemos por isso para acordarmos do berço esplendido onde confortavelmente nos encontramos em sono profundo.
A solução para que não passemos vergonha ainda maior?
E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.
2 Crônicas 7:14   



http://artigos.gospelprime.com.br

Obama recebe apoio em massa de muçulmanos nos EUA Por Julio Severo




De acordo com o BarbWire, uma pesquisa recente de opinião pública do Gallup revelou que, por margens amplas, os muçulmanos nos EUA são o grupo religioso com mais probabilidade de apoiar o presidente americano Barack Obama.
O Gallup revelou que 72 por cento dos muçulmanos nos EUA disseram que aprovam Obama.
Quem pode ficar surpreso com tal afinidade? Jeremiah Wright, pastor progressista que fez o casamento de Obama e foi seu conselheiro espiritual durante 20 anos, declarou que Obama era realmente muçulmano.
Parece uma mistura estranha e babilônica de muçulmano com protestante progressista com ativista gay. Mas os muçulmanos não estão nem aí com as confusões e incoerências de Obama, contanto que ele ajude a propagar a revolução islâmica — meta que ele e seu governo estão alcançando de forma espetacular. Quase todos os países muçulmanos moderados que tiveram recentes intervenções militares americanas acabaram virando palco da expansão das formas mais radicais e violentas do islamismo, com um “bônus” tenebroso: um rastro de matança de cristãos.
A admiração muçulmana por Obama é uma admiração tática.
Os muçulmanos não se importam que Obama imponha o homossexualismo em outros países, contanto que seja em Uganda, que é majoritariamente cristã, e contanto que não seja na Arábia Saudita, que é majoritariamente islâmica.
Acima de tudo, eles não se importam que ele seja totalmente confuso, contanto que continue propagando a revolução dos islâmicos radicais, que estão tendo caminho livre para trucidar multidões de cristãos.
Como eles poderiam estar insatisfeitos? Um presidente americano que escolheu como diretor da CIA um muçulmano, num momento histórico em que o islamismo agora ocupa o segundo lugar da religião mais predominante em 20 estados dos EUA.

Do que eles têm para se queixar? O número de mesquitas nos EUA não para de crescer.

Torcedores acusam Felipão e Dilma Rousseff de blasfêmia contra Deus e dizem que derrota humilhante da Seleção seria uma punição





Internautas de todo o Brasil estão compartilhando uma opinião que atribui à ira divina a derrota da Seleção Brasileira contra a Alemanha por humilhantes 7 x 1. Muitos acreditam que o técnico Luiz Felipe Scolari e a presidente Dilma Rousseff (PT) teriam blasfemado antes do início dos jogos da Copa do Mundo.
Segundo essa teoria, ao dizer que “nem Jesus Cristo” conseguiria unanimidade na convocação dos 23 jogadores chamados para a Copa, Felipão teria cometido uma blasfêmia imperdoável, e que teria atraído a ira divina sobre a Seleção Brasileira.
Em março de 2013, a presidente Dilma Rousseff esteve no Vaticano numa visita de cortesia ao papa Francisco. Na ocasião, trataram de questões sobre a Jornada Mundial da Juventude, realizada meses depois no Rio de Janeiro, e conversaram sobre a tragédia em Santa Maria (RS) e a missão escolhida pelo pontífice para seu ministério à frente da Igreja Católica: dar atenção aos pobres.
Na saída do encontro, Dilma aceitou conceder uma entrevista aos repórteres que a aguardavam, e ao ser interpelada por um repórter argentino sobre a nacionalidade do papa, a presidente respondeu: “Vocês argentinos estão de parabéns. O papa é argentino, mas no Brasil a gente sempre diz que ‘Deus é brasileiro’”. A reação dos repórteres e da comitiva presidencial foi de risadas à resposta bem-humorada de Dilma. Assista:







Publicado por Tiago Chagas em 11 de julho de 2014

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.