Vazou na nét / Importante mensagem para o mundo






Mais um comercial assustador da FEMA o tempo está se esgotando YouTube

JOSUÉ YRION - MISSÕES E SATANISMO NA DISNEY (COMPLETO EM PORTUGUÊS) IMPA...

Governo federal suspende distribuição do ‘kit gay’ em escolas públicas


Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, determinou a abertura de um processo administrativo para identificar os responsáveis pelo envio de material conhecido como ‘kit gay’ a 13 estados das regiões Norte e Nordeste. As revistas de histórias em quadrinhos (HQ) com foco no público adolescente foram elaboradas em 2010 como parte do programa de prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST) e Aids e, neste ano, chegaram a ser remetidas às Secretarias de Saúde nos estados.
O Ministério da Saúde já expediu ofícios às secretarias dos 13 estados determinando que o kit gay não seja distribuído nas escolas e começou a investigar de onde partiu a remessa do material.
A informação sobre o envio das revistas para os serviços de combate a DST/Aids e sobre o posterior veto do ministro Padilha foi divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo no último sábado (16). A reportagem informa que, a interrupção na distribuição do kit gay — 15 mil revistas já teriam sido enviadas aos estados — partiu do próprio Palácio do Planalto.
Por pressão da bancada evangélica no Congresso Nacional, a presidente Dilma Rousseff já vetou a produção de um outro kit gay que seria distribuído nas escolas, a cargo dos Ministérios da Educação e da Saúde. A bancada parlamentar conseguiu do governo, em maio de 2011, a promessa de que o material não seguiria adiante.
Os seis volumes de histórias em quadrinhos, também vetados, foram elaborados numa parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Segundo o Ministério da Saúde, não se trata do mesmo material vetado em 2011.
As revistas foram produzidas na gestão de José Gomes Temporão, que antecedeu Padilha. O ministério já sabe que o envio aos 13 estados partiu do Departamento de DST/Aids da pasta, vinculado à Secretaria de Vigilância em Saúde.
 Portal Padom

Bancada evangélica convoca líderes de igrejas para debate urgente




presidente da Frente Parlamentar Evangélica (FPE), deputado João Campos, fez uma convocação de urgência para os membros da bancada e líderes de diversas denominações evangélicas para uma reunião nesta quinta-feira (30), onde será discutida a reforma do Código Penal Brasileiro.
“Sabemos que o momento é delicado e que todos estão com compromissos em suas bases durante o período eleitoral, mas a reforma do Código Penal tem um cronograma a ser cumprido no Senado e entendemos que não podemos deixar de informar a Igreja Evangélica Brasileira o que está acontecendo”, descreve a carta enviada aos parlamentares e reproduzida no site da FPE.
Campos destaca que a reforma é um dos maiores desafios a serem enfrentados no Congresso Nacional, e afirma que, diferente do que muitos imaginam, a tramitação do projeto pode se dar quase que totalmente ainda nesse ano. Ele explica que em reunião, ocorrida no dia 8 de agosto, ficou definido que o prazo para apresentação de emendas é até o dia 5 de setembro e a votação do parecer final acontecerá de 28 de setembro a 4 de outubro.
Segundo a convocação, com o apoio do senador Magno Malta, foi organizado um grupo de trabalho no Senado para acompanhar de perto a tramitação do PLS 236/2012, com direito a espaço físico, computadores, telefones e toda estrutura necessária para acompanhar as tramitações.
As assessorias dos gabinetes e dos integrantes da FPE devem ajudar na elaboração de emendas, enviando-as até o dia 30 de agosto. Para que isso aconteça, o deputado João Campos aconselha que os parlamentares “busquem ajuda de juristas em suas bases, em suas igrejas, em suas instituições pois muitos deles já têm propostas prontas para o novo Código Penal e se sentiriam honrados em ter a oportunidade de colaborar com a formulação do novo texto”.
A reunião desta quinta-feira acontecerá em dois momentos diferentes: às 9h, no Plenário 7 do Anexo II da Câmara dos Deputados – apenas com deputados federais, assessores e líderes das denominações; e às 10h30min, no Plenário 19 da Ala Nilo Coelho no Senado Federal, com o senador Magno Malta, membro titular da Comissão da Reforma e o senador Pedro Taques, relator do PLS 236/2012.
Para mais informações estão disponíveis os seguinte contatos: (61) 3303-4161/5867, 3303-1655, fax (61) 3303-1656; e-mail magnomalta@senador.gov.br ou ainda pelo celular (61) 9161-5023 (Dra. Damares Alves).
Verdade Gospel / Portal Padom

Pastor Everaldo promete privatizar Petrobras e prega contra casamento gay





O candidato à Presidência Pastor Everaldo (PSC) afirmou, em entrevista na noite desta terça-feira (19) ao “Jornal Nacional”, da TV Globo, que irá privatizar a Petrobras e “tudo o que for possível” caso seja eleito.
“Defendo um estado mínimo, reduzir o número de ministérios de 39 para 20, passar tudo que for possível para iniciativa privada”, disse. “Vou privatizar tudo que for possível. Vou privatizar a Petrobras, uma empresa que foi orgulho nacional e hoje é foco de corrupção, com uma dívida de mais de R$ 300 bilhões.”
Repetindo o que disse no programa eleitoral exibido hoje, o candidato evangélico também se manifestou contra o casamento gay e o aborto. “Sou contra a legalização das drogas. Minha candidatura é em defesa da vida e do ser humano desde sua constituição; defendo a família como está na Constituição [Federal]: casamento pra mim é homem é mulher.”
Apesar de se alçar à Presidência, Everaldo nunca ocupou um cargo no Legislativo ou no Executivo. Questionado sobre a falta de experiência, ele citou sua atuação na iniciativa privada. “Sou um empreendedor brasileiro”, disse. “A diferença do Estado para a iniciativa privada é que o Estado hoje não trabalha com a meritocracia.”
Everaldo foi indagado pelos apresentadores sobre o fato de o PSC sempre ter se aliado a partidos de esquerda, como o PT e o PDT de Leonel Brizola, e hoje defender um projeto político totalmente distinto, marcado pelo conservadorismo nos costumes e o liberalismo na economia. “Minha ideologia sempre foi a mesma: sempre quis o empreendendorismo. Sempre pensei dessa maneira porque minha vida é dessa maneira.”
Sobre o rompimento com o governo Dilma, o qual sua sigla apoiou durante boa parte da atual gestão, Everaldo afirmou que tratava-se de “uma aliança baseada em princípios” que rompeu-se porque “foi estabelecido um aparelhamento do Estado.”
Perguntado se o PSC rompeu com o PT por não ter recebido o número de cargos desejados na administração, Everaldo afirmou: “natural que esperávamos um espaço. Não é um toma lá da cá. Nós ficamos decepcionados pela maneira que foi formado o governo, que não abarcava nossos princípios.”O candidato do PSC obteve 3% das intenções de voto na última pesquisa Datafolha, divulgada ontem. Everaldo tem mantido o mesmo percentual há várias pesquisas.
Uol

 http://padom.com.br

Filme sobre namoro cristão “à moda antiga” quer disputar bilheterias com “50 Tons de Cinza” nos Estados UnidosPor Dan Martins em 17 de agosto de 2014





Um filme sobre namoro cristão “à moda antiga” irá estrear nos cinemas americanos no mesmo dia que a adaptação do best-seller erótico “50 Tons de Cinza”. O filme “Old Fashioned” (À Moda Antiga, em tradução livre) tem como proposta para os cinemas uma visão de relacionamento diferente da proposta pelos livros de E.L. James.
Lançado recentemente, o trailer de “50 Tons de Cinza” foi um fenômeno de acessos e compartilhamentos nas redes sociais. Em apenas cinco dias de seu lançamento, o vídeo alcançou 36 milhões de visualizações no YouTube e se tornou o trailer mais visto do ano.
Entre às diversas reações ao filme, uma que tem chamado bastante atenção é o anúncio de “Old Fashioned”. Rik Swartzwelder, diretor, roteirista e protagonista da produção cristã, apresenta a obra afirmando sua crença de que “existem pessoas que esperam mais do amor, e do cinema, do que objetificação e dominação”.
- Eu quero contar uma história de amor que leva a ideia de romance Divino à sério. Uma história que, sem pedir desculpas, explora a possibilidade de um padrão mais elevado nos relacionamentos; no entanto, também tem plena consciência do quão frágeis somos todos nós e não busca amontoar a culpa naqueles que cometem erros – declarou Swartzwelder.
Na trama, o personagem de Swartzwelder será um ex-bon vivant em busca de um relacionamento sério que conhece uma mulher “de espírito livre” e se apaixona por ela. Seu par romântico no filme será interpretado por Elizabeth Ann Roberts.
- Será uma história que vai explorar, sem ressalvas, a possibilidade de haver um padrão mais alto nos relacionamentos moderno – explica Swartzwelder.
Tendo como slogan a frase “Chivalry makes a comeback” (O cavalheirismo está de volta, em tradução livre), o filme será levado aos cinemas pela Freestyle Releasing, distribuidora que lançou recentemente o filme “God’s Not Dead” (“Deus Não Está Morto“), que surpreendeu nas bilheterias dos EUA com arrecadação de US$ 60 milhões, e custo de apenas US$ 2 milhões.
Sobre o lançamento simultâneo a “50 Tons de Cinza” no dia 13 de fevereiro de 2015, véspera do Valentine’s Day, o Dia dos Namorados, os responsáveis por “Old Fashioned” afirmam se tratar de uma luta de Davi contra Golias.
- Estrear no mesmo final de semana de Cinquenta Tons de Cinza será definitivamente uma luta de Davi contra Golias. Eles terão mais salas, mais dinheiro, mais campanhas publicitárias… Mas nós estamos esperançosos de que não estamos sozinhos em nossa crença de que há pessoas que desejam mais do amor, e do cinema, do que objetificação e dominação – afirma Rik Swartzwelder

Martin Scorsese dirige filme sobre a missão jesuíta no Japão do século 17 Por Dan Martins em 17 de agosto de 2014






Recentemente a temática religiosa tem sido uma constante na produção cinematográfica. Além do crescimento de filmes feitos por produtoras exclusivamente voltadas para o mercado evangélico, como “Deus Não Está Morto” e “O Céu é de Verdade”, cineastas conhecidos do meio secular também tem se voltado para essa temática, e lançado filmes como “Noé” e “Êxodo: Deuses e Reis”. A mais nova aposta do mercado cinematográfico nessa temática é do diretor Martin Scorsese, que está negociando com a Paramount Studios para distribuir um novo filme sobre a atuação de missionários jesuítas no Japão.
Diretor do filme “A Última Tentação de Cristo”, de 1988, que acendeu uma grande polêmica, Martin Scorsese será o diretor do drama histórico “Silence”, estrelado por Andrew Garfield e Liam Neeson, que começará a ser rodado em Taiwan no final deste ano. O filme será baseado no livro de mesmo nome publicado por Shusaku Endo em 1980.
Na trama, a ordem jesuíta envia um jovem padre português Rodrigues (Garfield) para encontrar seu mentor que está desaparecido há 10 anos. Roma acredita que o jesuíta mais velho (Neeson) pode ter renunciado à sua fé sob tortura durante a severa perseguição de missionários e cristãos convertidos.
Essa não é a primeira vez que os estúdios de Hollywood usam como temática para suas produções os esforços dos jesuítas para além da Europa. Em 1986, o filme “A Missão” contou a história real de missionários jesuítas do século 18, que morreram defendendo índios guaranis da escravidão portuguesa na América do Sul. Em “Silence”, que está programado para ser lançado em 2015, os senhores feudais japoneses são tão ameaçados pelos jesuítas como são o portugueses, em “A Missão”.
Martin Scorsese e o roteirista Jay Cocks escreveram a primeira adaptação para o livro de Shusaku Endo ainda na década de 1990. A ideia inicial era que o longa-metragem fosse produzido logo após Scorsese concluir Gangues de Nova York (2002). Porém, dificuldades para obter a aprovação do orçamento para o filme junto a alguma produtora fizeram com que o projeto fosse adiado por cerca de 15 anos. Agora, a produção ganhou força, e será lançada no próximo ano.

Reflexão - Sinta o poder de Deus.





Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o SENHOR, o Criador dos fins da terra, nem se cansa, nem se fatiga? Não se pode esquadrinhar o seu entendimento. Faz forte ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor.

Isaías 40:28-29

 

 

 

Pensamento: Deus é eterno. Ele tem poder ilimitado. Sua fonte de força é infinita. Ele abençoa e compartilha Sua graça sem se cansar. Além do mais, ele anseia compartilhar Seu poder e graça conosco diariamente.



Oração: Todo Poderoso e eterno Deus, amoroso e generoso na sua misericórdia, obrigado por me dar força no meu cansaço, direção na minha confusão e esperança no meu desespero. Por favor, abençoe-me com coragem de seguir a Sua vontade e confiança na Sua presença através do Espírito Santo. No nome de Jesus eu oro. Amém. 


 http://www.iluminalma.com


Extremistas do Estado Islâmico cometem atrocidades contra crianças cristãs Por Dan Martins em 17 de agosto de 2014







As atrocidades cometidas pelos extremistas do grupo jihadista Estado Islâmico, também conhecido como ISIS, contra soldados e civis no Iraque e na Síria foram já circulam há algum tempo pelos meios de comunicação. Há relatos, muitos documentados em imagens e até vídeos, de crucificações, execuções e enterros em massa. Porém, uma série de relatos recém-publicados trazem à tona os horrores infligidos pelo grupo contra crianças.
Um desses relatos veio da Comunhão Anglicana News Service, que disse que o filho de um dos fundadores da igreja anglicana de Bagdá, de apenas cinco anos de idade, foi “cortado pela metade durante um ataque do Estado islâmico”.
Outro relato, publicado pela Catholic.org, cita como fonte o empresário caldeu-americano, confirmando a decapitação de crianças por combatentes do Estado Islâmico, que, em seguida, “colocam a cabeça em uma vara no meio do parque”. O documento afirma que “várias imagens surgiram de crianças cristãs decapitadas pelo Estado Islâmico, simplesmente por ser cristãs”.
- O mundo não tem visto este tipo de atrocidade há gerações – disse o empresário à CNN.
O relatório, que inclui imagens, diz que os terroristas “que invadiram Mosul e outras antigas comunidades cristãs na Síria e no Iraque fizeram vídeos assassinando civis e soldados capturados”.
- Eles estão literalmente curtindo o ato de matar e o medo e sofrimento infligido nos outros. Este sadismo pode ser a manifestação mais pura do mal testemunhado desde o “Estupro de Nanquim”, na Segunda Guerra Mundial – afirma o relatório.
Jeff King, presidente da International Christian Concern, que tem funcionários que viajam pelo Iraque, avaliou muitos dos relatórios e afirma que eles estão “completamente consistente com quem são esses caras”.
- Eles são absolutamente bárbaros. Nós não temos palavras para descrever quem são esses caras – afirmou King que, no entanto, advertiu que as agências de notícias e leitores sempre devem ser um pouco céticos em relação a imagens aleatórias publicadas on-line.
Ele afirma que algumas das imagens parecem ter sido encenadas, mas muitas parecem genuínas.
Citado no documento publicado pela Comunhão Anglicana, o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, afirma que “os terríveis acontecimentos no Iraque chamam justamente a nossa atenção e nos entristecem mais uma vez, pois “cristãos e outras minorias religiosas estão sendo mortos e tem enfrentado um sofrimento terrível”.
- O que estamos vendo no Iraque viola brutalmente o direito das pessoas à liberdade de religião e de crença, tal como previsto nos termos do artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos – afirmou o religioso.

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.