Eles estão se afogando -- a gota d'água!

EU ASSINEI , ASSINE VOCÊ TAMBEM.


A morte trágica do menino Aylan foi a gota d'água e mais de 900 mil já se juntaram ao apelo contra a crise migratória. Contudo, temos apenas poucos dias para pressionar por um acordo que ajude a salvar vidas. Assine e compartilhe com todos -- vamos conseguir 1 milhão de assinaturas em prol da humanidade!


Não podemos trazer o pequeno Aylan de volta, mas podemos fazer com que a Europa se una para impedir que mais crianças como Aylan, que buscam um lugar seguro para viver, morram durante a travessia em barcos frágeis ou dentro de caminhões sufocantes. Vamos mostrar a todos os líderes europeus que o mundo exige ação urgente AGORA. Assine e compartilhe no Facebook, Twitter, por e-mail… em todas as redes:

ASSINE AGORA
Caros amigos,

Dá um aperto no coração olhar para a foto do menino deitado na praia, sem vida. E é igualmente difícil olhar para tantas outras fotos que retratam o sofrimento dos refugiados. O mais deplorável é que os governantes, em vez de tomarem medidas urgentes, estão perdendo tempo debatendo sobre quem é responsável pelo problema. Pela primeira vez, porém, podemos ter esperança de que encontraremos uma solução para a crise migratória.

Depois que milhares de pessoas pediram que seus países acolhessem mais refugiados, a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente da Comissão Europeia tomaram a frente dos esforços para criar uma nova proposta para que a União Europeia abrigue pessoas que fogem de guerras e fome. A França já aceitou a proposta, mas o Reino Unido, a Hungria e outros países do Leste Europeu estão barrando esse acordo emergencial. A pressão popular pode levar os políticos da União Europeia a adotar um plano para lidar com os refugiados de forma mais humana. Sem sentir a pressão popular, eles podem simplesmente desistir de ajudar. É aí que entramos.

Esse é um momento crítico e tudo pode mudar, para pior ou para melhor. Por isso, é hora de guiar os governantes. Não há tempo a perder: os ministros da União Europeia se reunirão nos próximos dias para definir seus posicionamentos. Participe da campanha e exija um plano para dar a essas famílias desesperadas um refúgio seguro. Nossa proposta será entregue pela Avaaz a todos os principais tomadores de decisão antes da reunião:

https://secure.avaaz.org/po/no_more_drownings_rb/?bIzodcb&v=64552

Centenas de famílias chegam na Europa diariamente em busca de segurança. Traumatizadas, perseguidas e sem perspectivas de paz em guerras como a da Síria, a escolha de atravessar o oceano muitas vezes é a única opção. Segundo a ONU, quase um milhão de pessoas precisam de ajuda urgente, e ampliar as rotas seguras e legais é a melhor maneira de reduzir o número de refugiados que arriscam suas vidas, além de coibir o violento tráfico humano.

Há um plano emergencial viável: em primeiro lugar, é precisoaumentar urgentemente a transferência e o reassentamentode refugiados, com o objetivo de reunir famílias, de modo que a responsabilidade seja compartilhada em toda a União Europeia; segundo, fornecer apoio financeiro e técnico a países na linha da frente da crise, como a Grécia; em terceiro lugar, é necessário garantir que nenhuma ação policial atrapalhe os esforços de resgate ou coloque as pessoas que procuram refúgio em risco.

A Alemanha, que começou a abrir suas fronteiras, defende esta ideia. Já a Hungria está construindo uma cerca de arame farpado e outros países do Leste Europeu recusam-se a receber mais do que algumas poucas dezenas de famílias. Por fim, o Reino Unido acabou de anunciar que vai receber mais refugiados, mas recusa-se completamente a participar de qualquer medida emergencial da União Europeia.

Sabemos que a pressão popular em grande escala pode influenciar os políticos. No início desta semana, quando o governo da Islândia anunciou que o país aceitaria apenas 50 pedidos de asilo, 10 mil islandeses reagiram oferecendo abrigo em suas próprias casas. Agora, o governo está reconsiderando o compromisso anterior.

Milhares de cidadãos comuns estão mostrando compaixão e rejeitando a política de fechar as fronteiras imposta por alguns líderes. Vamos aumentar a onda de calor humano e garantir que nem interesses políticos estreitos nem o medo definam a forma como a Europa e o mundo reagem à maior crise de nossos tempos. Participe e divulgue o apelo urgente aos líderes da União Europeia:

https://secure.avaaz.org/po/no_more_drownings_rb/?bIzodcb&v=64552
É de partir o coração acompanhar esse drama humano, uma tragédia pior do que muitos de nossos maiores pesadelos. Mostrando iniciativa, os membros da Avaaz vêm se unindo para ajudar os refugiados desde o início da crise. Cerca de duas mil pessoas se prontificaram como voluntárias em programas de assistência e juntos doamos US$ 500 mil para uma operação de resgate crucial no Mediterrâneo. Ainda organizamos uma missão até as ilhas gregas e fizemos pressão para a Europa assinar um primeiro acordo. Contudo, a magnitude desta crise significa que temos que pressionar ainda mais, e AGORA! Vamos dar as mais calorosas saudações de boas-vindas aos refugiados, antes da reunião dos líderes para discutir o assunto.

Com esperança e determinação,

Luis, Alice, Mia, Mais, Luca, Spyro e toda a equipe da Avaaz 

Aprovado, relatório do Estatuto da Família reconhece apenas a união de homem e mulher Publicado por Tiago Chagas em 3 de setembro de 2015


O projeto de lei apelidado como Estatuto da Família teve seu relatório aprovado na comissão especial que estuda o texto, e manteve o conceito familiar como o núcleo formado por um homem e uma mulher.
O relator do projeto, deputado federal Diogo Garcia (PHS-PR) afirmou em seu parecer que uma família é “a união de um homem e de uma mulher, por meio de casamento ou de união estável, e a comunidade formada por qualquer dos pais e seus filhos”. A divulgação do parecer aconteceu na última quarta-feira, 02 de setembro.
O Estatuto da Família, proposto pelo deputado Anderson Ferreira (PR-PE), é apoiado pelos parlamentares da bancada evangélica e visto como polêmico por boa parte dos partidos de apoio ao governo, de orientação esquerdista.
Para os críticos do projeto, seu texto é considerado equivocado por não considerar família as uniões entre pessoas do mesmo sexo e as relações poligâmicas, por exemplo. Outro argumento usado é a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de proibir os cartórios de se recusarem a celebrar o casamento civil ou converter união estável em casamento de homossexuais
Garcia, ciente das críticas, usou um contra-argumento no relatório do projeto: “Trata-se de competência do Congresso Nacional regulamentar, para maior eficácia, a especial proteção constitucionalmente garantida à família. O estatuto vem para colocar a família, base da sociedade, credora de especial proteção, no plano das políticas públicas de modo sistemático e organizado, como até então não se fizera. Nada impede que os cidadãos, mediante seus representantes políticos, advoguem pela inclusão de novos benefícios a outras categorias de relacionamento, mediante argumentos que possam harmonizar-se à razão pública”.
Por fim, o parlamentar destacou que seu relatório foi formado a partir das impressões colhidas durante os debates e as audiências públicas, quando ouviu representantes da sociedade. O documento, segundo ele, está “alinhado aos preceitos constitucionais e valores morais e éticos de nossa sociedade, com o fim de garantir direitos e o desenvolvimento de políticas públicas para a valorização da família”.

Cenas da primeira praga do Egito levam Os Dez Mandamentos a bater novo recorde de audiência Publicado por Tiago Chagas em 3 de setembro de 2015


A audiência da novela Os Dez Mandamentos registrou um novo recorde com a exibição do capítulo em que Arão transforma a água em sangue, na última segunda-feira, 31 de agosto.Dados da audiência consolidados pelo Ibope mostram que a Record teve média de 18,9 pontos de média, com picos de 21 pontos e 26% de share, um indicativo que mostra a quantidade de TVs ligadas no momento que estavam sintonizadas na emissora do bispo Edir Macedo.Na sexta-feira anterior, 28 de agosto, a “novela bíblica” já havia conseguido um resultado positivo, com 16 pontos de média e 23% de share, mesmo com a exibição do último capítulo da novela global Babilônia.A produção da cena contou com efeitos especiais desenvolvidos em estúdios de Hollywood, e agradou ao público, que elogiou as imagens e a direção do capítulo nas redes sociais: “Que cena foi essa da Nefertari na piscina de sangue? Arrepiado”; “Melhor parte dessa passagem bíblica, estou aguardando a fase em que Moisés divide o mar para libertar seu povo”; “A Record está de parabéns, belíssimo trabalho”; “Que incrível! Agora começou!”, foram algumas das mensagens publicadas na web, segundo informações do PurePeople.O sucesso da Record com a novela tem causado uma verdadeira guerra de estratégia entre as emissoras. De acordo com o jornalista Lauro Jardim, a Globo tem optado por colocar sua novela das 21h00, A Regra do Jogo, no ar mais tarde, esticando o Jornal Nacional.No entanto, a emissora do bispo Macedo está ciente da estratégia e também tem esticado os capítulos de Os Dez Mandamentos, fazendo com que a duração, que inicialmente era de uma hora, seja um pouco maior. Resultado: com a “novela bíblica” saindo do ar próximo das 22h00, a novela global das 21h00 tem entrado no ar próximo às 22h00.
“A Regra do Jogo, em seus dois primeiros capítulos, foi exibida mais tarde. Na segunda-feira, entrou no ar às 21h38. Ontem, começou às 21h52 – quase uma novela das dez. E terminou às 23h06. A razão é a concorrência.  Dez Mandamentos, exibida pela Record, está em seu melhor momento de audiência […] A Record está esticando os capítulos, que estão terminando mais tarde. Ontem [terça-feira, 01 de setembro], a novela bíblica terminou 21h57.  Por isso, a Globo resolveu também esticar o Jornal Nacional, que ontem, por exemplo, ficou no ar mais de 60 minutos. Começou às 20h49 e terminou às  21h51”, informou Jardim, em sua coluna no site da revista Veja.

REFLEXÃO PARA TER UMA INTIMIDADE MAIOR COM DEUS.




Versículo do Dia

Portanto, santos irmãos, participantes do chamado celestial, fixem os seus pensamentos em Jesus, apóstolo e sumo sacerdote que confessamos. Ele foi fiel àquele que o havia constituído, assim como Moisés foi fiel em toda a casa de Deus. 
Hebreus 3:1-2


Versículo em Destaque para reflexão.


http://www.bibliaon.com/

Vocês não me escolheram, mas eu os escolhi para irem e darem fruto, fruto que permaneça, a fim de que o Pai conceda a vocês o que pedirem em meu nome. 
João 15:16
Compartilhar
ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos". 
Mateus 28:20
Compartilhar 
"Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca." 
Mateus 26:41

Follow by Email

DIAS DO BLOG ON LINE.